NOTÍCIAS EM DESTAQUE

Loading...

sábado, 19 de abril de 2014

ESTAVA ADOENTADO

PADIM ME ADESCURPE
MODE A FARTA QUE FIZ
ESTAVA ADOENTADO
COM UMA DOR INFELIZ
ME DOÍA UM JOELHO
INXADO E VERMELHO
CUMA CARCINHA DE MERETRIZ

FIQUEI UMA SUMANA
ENTREVADO SEM ANDAR
DEITADO NUMA REDE
SÓ ESPERANDO PASSAR
 UMA DOR QUE SENTIA
DE NOITE E DE DIA
TINHA QUE AGUENTAR

MAIS AGORA VORTEI
COMECEI A POSTAR
PODE FICAR ATENTO
TA NA HORA DE VISITAR
O BLOG JATÃO VAQUEIRO
DO NORDESTE BRASILEIRO
CHEGANDO EM TODO LUGAR

VALEU PADIM!!
JATÃO VAQUEIRO

terça-feira, 15 de abril de 2014

CURA PELA NATUREZA

BOM SABER: A Importância da Graviola.

A Graviola é considerada aliada importante no combate a mais de doze tipos de câncer - pulmão, seio, próstata, entre outros - a Graviola é fruto de uma árvore proveniente da Amazônia. Estudos realizados in vitro em mais de vinte laboratórios mostram que proporciona uma melhora - durante o tratamento - dez mil vezes maior do que com a quimioterapia.

Segundo estudos, a Graviola estimula o sistema imunológico combatendo resfriados, distúrbios na coagulação sanguínea e lesões hepáticas.

A graviola promete proporcionar um tratamento diferenciado no combate ao câncer. Um tratamento natural na maioria das vezes dá a sensação de força e vitalidade, além de melhorar a perspectiva de vida.

CARACTERISTICAS E ESTUDOS REALIZADOS
As etnias da América do Sul e Central utilizam a graviola há séculos no combate e controle de várias doenças entre elas a pelagra, febre, diarréia, vomito, espasmos, tosse, asma, astenia e hipertensão.

Em pesquisas mais recentes realizadas nos Estados Unidos por mais de 20 laboratórios e pela médica e pesquisadora Dra. Leslie Taylor, constatou-se que a graviola contém substancias anticancerígenas e cytotóxicas com potencialidade 10.000 vezes mais que a adriamicina, uma droga utilizada na quimioterapia.

Além desta descoberta fantástica, verificou-se que a atuação destas substâncias são seletivas combatendo apenas as células cancerosas e preservando as células saudáveis e sem os efeitos colaterais desagradáveis da quimioterapia.
Nos Estados Unidos tentou-se durante 7 anos a sintetização destas substâncias em laboratório, sem sucesso, objetivando obter-se a patente, uma vez que não são permitidas a concessão de patente sobre substâncias naturais

“”Pesquisadores do EUA e outros países descobriram que a graviola destrói vários tipos de câncer. Dentro de um tubo de ensaio, a graviola mata as células do câncer 10.000 vezes mais rápido do que o melhor medicamento usado nos hospitais, mas até hoje os laboratórios farmacêuticos não conseguiram sintetizar a graviola para patentear um remédio, por isso ela só é usada na forma natural. “”

Atenção: Existem alguns comerciantes inescrupulosos informando que existe uma variedade da Graviola "verdadeira da Amazônia". É mito. Só existe uma espécie de Graviola, e a mesma graviola encontrada na Amazônia é a mesma do Nordeste ou de qualquer canto do Brasil.

O princípio ativo da "acepitamina" encontrado nas folhas da graviola é um potente anticancerígeno, e por ser muito volátil (se dispersa rápido) os laboratórios não conseguiram sintetizá-lo.

Cuidados: Seu uso não é recomendado para gestantes e lactantes, sem acompanhamento médico.

Via: Ideias e Fatos
http://gardeniaoliveira.blogspot.com.br/

PARA VOCÊ QUE PESCA PARA SEMANA SANTA

ESSE É MEU SERTÃO

Foto

Foto: >> curta Piadas e Causos de Seu Lunga . <<

CORDEL DO SERTÃO

Deus não tarda, nem falha e na hora certa, Abre o céu pra chover no meu Sertão.
A cigarra agorenta logo some
Quando a água no chão desce rolando.
O carão na represa já cantando
Dá sinal que não vamos mais ter fome.
Castigado deixou de ser pronome
Quando o verbo chover caiu no chão.
Vi menino correndo pra o oitão.
E banha-se em goteira que desperta.
Deus não tarda, nem falha e na hora certa
Abre o céu pra chover no meu Sertão.
.
A notícia chegou na capital
E dizia: tem chuva e o Sertanejo
Muito alegre plantando a roça vejo
E a boiada na lama do curral,
Se atolando e o verde milharal
Escurece de longe a visão.
Quem passou por castigos do verão
Agradece contente pela oferta.
Deus não tarda, nem falha e na hora acerta
Abre o céu pra chover no meu Sertão.
.
Uma barra se forma no nascente
E o trovão estremece e dá sopapo.
Na lagoa festeja rã e sapo
Pra deixar o cenário mais contente.
O riacho transborda e a enchente
É tão forte que quem vai ao ribeirão,
Ouve o ronco das águas e o clarão
Do relâmpago nos dando uma alerta.
Deus não tarda, nem falha e na hora acerta
Abre o céu pra chover no meu Sertão.
.
Foi três anos de seca castigando
Muito gado morreu de fome e sede.
Faltou pra nós, no pé de uma parede
Um "paió" com feijão nos alegrando.
Mas, a gente ficou pra DEUS orando
E pedindo invernia pra nação.
Ele ouviu nossas preces e oração
E a paisagem deixou de ser deserta.
Deus não tarda, nem falha e na hora acerta
Abre o céu pra chover no meu Sertão.
.
O Poeta da terra em Poesia
De amanhã acordou num só repente.
Foi pro campo plantar sua semente
De melão, jerimum e melancia.
Meio dia na rádio cantoria
Relatando as chuvadas com emoção.
E quem foi morar noutra região,
Quer voltar que a saudade já lhe aperta.
Deus não tarda, nem falha e na hora acerta
Abre o céu pra chover no meu Sertão.

De Andrade Lima.
Fotos Mario Almeida

CURIOSIDADES

Se você não pesca, aprenda a escolher na Semana Santa

Olhos brilhantes, guelras avermelhadas e carne firme. Fique atento a esses detalhes quando comprar peixes para um almoço daqueles em família agora na Semana Santa. Um peixinho cai bem e quando procuramos as bancas de mercado para compra-los eles saltam aos olhos quando estão expostos para venda. Daí vem a dúvida: como escolher?

Para a professora de nutrição da PUCPR e UFPR Helena Simonard Loureiro, o segredo é procurar comprar em um local de confiança, em que você saiba que esse pescado chega diariamente e tem algum controle. “Facilita muito comprar assim. Se você não conhece o local, opte pelo congelado. Não que tenha uma segurança maior, mas ao menos ele está embalado”, pondera.


Para escolher, há dicas básicas, como lembra o chef e instrutor de gastronomia do Senac Caiobá, Mario Meirelles: cor, cheiro e textura. “No caso dos peixes, a cor dos olhos deve ser brilhante e as guelras, avermelhadas. O cheiro deve ser conferido e a carne deve ter textura firme”, resume. Já no preparo, menos é mais: sal, pimenta e limão são suficientes.

Fonte: Gazeta do Povo Online

MAIS UM CRIME AMBIENTAL NO RN (ATÉ VOCÊ PADRE?)

Prefeito de Jardim do Seridó é denunciado pelo MPF por crime ambiental

Jocimar Dantas de Araújo (o Padre Jocimar) é acusado de manter um matadouro público em condições irregulares, despejando resíduos, sem tratamento, diretamente no Rio Seridó

O Ministério Público Federal (MPF), por meio da Procuradoria Regional da República da 5.ª Região, denunciou Jocimar Dantas de Araújo, prefeito do município de Jardim do Seridó, no Rio Grande do Norte, por crime ambiental. Ele é acusado de manter em funcionamento um matadouro público em condições irregulares, em área de preservação ambiental.

Em agosto de 2009, a Prefeitura de Jardim do Seridó foi autuada pelo Ibama e, no mês seguinte, firmou um termo de ajustamento de conduta com o MPF – assinado por Jocimar Dantas. No documento, o município comprometeu-se a adotar algumas providências, como a lavagem dos animais antes do abate, a eliminação de focos de urubus e a implantação de pré-tratamento dos efluentes líquidos. Entretanto, três anos após o acordo, o matadouro continuava a funcionar em condições potencialmente poluidoras e em total desacordo com as normas ambientais.

A cada semana, cerca de duzentos bovinos e cem animais de menor porte (caprinos, suínos e ovinos) são abatidos no local. O sangue é encaminhado a um tanque situado atrás da sala de abate, na parte externa do matadouro; depois, é levado por um trator da prefeitura e despejado, sem tratamento, no Rio Seridó.

blog.tribunadonorte.com.br

NOTÍCIAS

Governo distribui 95 toneladas de peixes para população carente do RN

O Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater), em parceria com prefeituras municipais, vai distribuir 95 toneladas de peixe para a população carente do Rio Grande do Norte. A expectativa é que 200 mil pessoas carentes de 102 municípios do RN sejam beneficiadas. De acordo com a Emater, cada pessoa cadastrada receberá dois quilos do alimento. O calendário de entrega começou nesta terça-feira (15) e prossegue até a quinta-feira (17) sob a responsabilidade das secretarias de ação social nos municípios contemplados.

Os recursos financeiros são da ordem de R$ 800 mil procedentes do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) – Compra Direta da Agricultura Familiar, mantido pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS).

O coordenador do Compra Direta, extensionista rural da Emater/RN, Isaac Alves, ressalta que essa ação, além de garantir ao pequeno produtor a comercialização do seu produto por preço justo, sem a presença do atravessador, permite alimento de qualidade para famílias carentes.

Do G1 RN

segunda-feira, 14 de abril de 2014

Piadas de Caipira

Um jovem médico em viajem de férias, de passagem por Munguengue, dirigiu-se a um posto de gasolina para abastecer seu automóvel. Não se via uma viva alma no posto depois de buzinar várias vezes, finalmente aparece um rapaz e lhe diz:
— Estamos fechados por luto! A filha do dono morreu e estamos todos indo ao velório.
- Bem, já que não tenho como prosseguir sem combustível, irei acompanhá-los.
Lá chegando, aproxima-se do caixão e observa algo extremamente raro e diz ao pai da moça:
- Sr., sou médico e lhe digo: esta garota não está morta! Ela está somente em estado catatônico. Mas existe uma chance de fazê-la voltar! Me diga, a sua filha tem namorado?
— Sim, respondeu o pai, estranhando a pergunta.
- Muito bem. Tirem o corpo do caixão, e a deixe com o namorado para que façam sexo durante toda à noite. Somente uma sensação forte poderia fazê-la recobrar os sentidos.
Mesmo com algumas reservas, o pai segue as ordens médicas. Passadas quatro horas abre-se a porta do quarto e de lá sai a jovem vivinha da silva!
Imensamente grato, o pai da moça enche o tanque do automóvel do jovem doutor que assim pode seguir viagem. Passados 15 dias , o médico decide regressar para ver como estava a ex-defunta. Ao chegar ao posto o encontra novamente vazio e o mesmo jovem da outra vez corre ao seu encontro e desesperado lhe diz:
— Graças a Deus que o senhor voltou! Não sabíamos como encontra-lo e estávamos a sua espera! O pai da menina que o senhor salvou, morreu há 3 dias! Metade da cidade já comeu o fiofó do pobre mas ele continua sem ressuscitar!
MORAL DA HISTÓRIA: O mesmo medicamento não vale para todos.

MENINO DE RUA

Do banco de cada praça
Fiz cama para dormir
O jornal meu cobertor
Que furtei pra me cobrir
E a vergonha minha roupa
Que eu usei pra me vestir

A rua é o meu abrigo
Meu trabalho é furtar
A cola minha comida
Não mastigo só faço cheirar
Meu livro é a mentira
Onde eu vivo a estudar

Peço a quem vai e a quem vem
A criança ao ancião
Ao homem e a mulher
Peço sem fazer distinção
E assim eu vou vivendo
Pedindo sim ganhando não

Meu chuveiro é a chuva
A marquise meu banheiro
Minha toalha é o sol
O lixo o meu dinheiro
Passar fome meu esporte
E o medo meu parceiro

Meu irmão é trombadinha
Meu pai é o cafetão
Minha irmã é a lua
Vela da minha escuridão
Meu vicio é a maconha
Minha mãe é a solidão

Meu passado eu esqueci
Na alma do meu deserto
Meu futuro esta escuro
Em algum lugar incerto
Meu presente uma cela
Onde sonho ser liberto

E assim é minha vida
É a verdade nua e crua
De quem vive desprezado
Sem ter uma família sua
Eis a minha apresentação
Eu sou um menino de rua 
Claudio Vieira de Souza