NOTÍCIAS EM DESTAQUE

Loading...

quinta-feira, 27 de agosto de 2015

MAIS MININO PADIM...

Plano Que Não Deu Certo...
Bem, Meu Plano Não Deu Certo...

IMAGEM DO DIA

"AMOR ALÉM DA VIDA" ...
Cão cava Buraco enorme sobre a sepultura daquele que foi seu companheiro em vida só para ficar um pouco mais perto de seu Fiel escudeiro, Mesmo após sua Morte ...

*Todos os animais merecem respeito, pois são dotados de um sentimento tão forte que nós humanos dificilmente conseguiremos alcançar um dia!
!!
Do FACE de Nelson Bueno 

CORDEL

Matuto Antenado
I
Esse rol não é jornal,
mas tudo vi na telinha.
Quase parei no hospício,
Por ouvir tanta morrinha.
Como prova que não pirei,
Vou contar a ladainha.
II
Agora só na lambança,
a lama vem no pescoço.
Vamos pegar o varejo,
bem lá no fundo do poço.
São curvas de precipício,
tenha cuidado, seu moço.
III
A Pátria é terra rica.
Bufunfa tem de montão.
Por isso tanto aperreio,
motivo pra confusão.
Rios, matas, céu e mar,
ouro debaixo do chão.
IV
Região de clima calmo,
tem por assombro, o trovão.
Da chuva vem enxurrada,
o sol na terra, rachão.
Que sob vontade do homem,
calculo ter solução.
V
Um povo trabalhador
de pouco tempo vivido.
Tem longa trilha pra andar,
mas caminhar decidido.
Pra firmar cidadania,
não se render corrompido.
VI
Educação é carência
no quesito social.
Não é só, falta de estudo,
é também questão moral.
Tem troncho pra todo lado
na disputa marginal.
VII
Saúde, calo que dói,
não considera quem seja.
Atinge todas as classes,
rico que paga, planeja.
Pobre na fila do SUS,
vítima dessa peleja.
VIII
Plano, velhice rejeita.
Pra si, só quer o filé.
Refuga procedimento,
libera só capilé.
No SUS a morte é certa,
mesmo num simples chulé.
IX
Atrelado na bandeira,
pra cima vai todo dia.
Pai nosso de cada mártir
Tem no País moradia.
Violência predadora
De sangue nunca sacia
X
Teatralização da morte,
tem no defunto, diária.
O crime não teme, zomba,
da justiça funerária,
engavetando processo
da vítima ordinária.
XI
Na corte judiciária
Novidades de montão.
Cadeia pra gente grande
Negócio de mensalão.
Alto nível, sim senhor.
O mais fino arrastão.
XII
Não pare no lava a jato
porque não cuida de carro.
Agora lava dinheiro,
o que parece bizarro.
E prêmio pra delator
é mimo que vem de sarro.
XIII
No xilindró de excelência,
réu tem “menu” com salmão.
Emprego com garantia
e passeio sem sermão.
À noite vai pra dormir
no mais suave colchão.
XIV
É xadrez de ostentação
que pega até celular.
Parece mais escritório
pra malandro trabalhar.
“Net” e rede quatro “G”,
sem guarda pra molestar.
XV
A resenha foi sucinta,
nem de longe absoluta.
Pauta de quatro mazelas,
para distinguir a luta.
Agora arregace as mangas,
no prélio seja recruta.
Ed Arruda

NOTÍCIAS

Vazão da Armando Ribeiro deverá cair para 4,5 m3/s
A Agência Nacional de Águas espera, em mais 15 dias, ter a definição sobre a redução da vazão da Barragem Armando Ribeiro Gonçalves. A previsão é de queda para 4,5 metros cúbicos por segundo na oferta de água. A informação foi repassada pelo diretor da ANA Paulo Lopes Varella.

A medida busca assegurar o abastecimento de água para consumo humano até a primeira quadra chuvosa de 2017. Um estudo deverá definir o regramento de uso racional de água que, segundo antecipou o diretor, considera pequenos e grandes usuários, como produtores, termelétrica e empresas de grande porte.
Tribuna do Norte

CURIOSIDADES

Água vaza de tronco de árvore e intriga moradores.
Uma árvore da espécie sibipiruna tem chamado a atenção por jorrar água de dentro do tronco para fora. Perto das raízes, um pequeno buraco é passagem de água que mina para fora. O mistério intriga moradores de Dourados, a 214 km de Campo Grande.

A espécie, que tem o nome científico de Caesalpinia pluviosa, está famosa na cidade. Vizinhos tentam entender o que consideram um fenômeno. “É um mistério, um fenômeno ou outra coisa qualquer, por que eu não posso entender também”, disse Enéias Ferreira Lima, aposentado. Ele registrou a vazão da água com o celular.

O fenômeno na árvore foi descoberto por funcionários de uma unidade de saúde que fica em frente. Para o engenheiro agrônomo Homero Scalon Filho, a explicação para o mistério pode estar em algum cano estragado, já que a árvore não produz água.

Retirado do Blog do Robson Pires.

COISAS DO MEU SERTÃO

GULOSEIMAS NORDESTINAS




Resultado de imagem para MAXIXADA








Resultado de imagem para PAMONHA CANJICA

Resultado de imagem para BUCHADA DE BODE

Resultado de imagem para SARAPATEL

Resultado de imagem para GALINHA CAIPIRA

Resultado de imagem para PIRÃO DE RABADA

Resultado de imagem para ARROZ DE LEITE

Resultado de imagem para MUNGUNZAR

Resultado de imagem para PAÇOCA CArne

Resultado de imagem para FEIJÃO COZIDO

Resultado de imagem para COSTELA DE PORCO ASSADA

Image result for CABEÇA DE BODE COZIDA

Resultado de imagem para BAIÃO DE DOIS