sábado, 30 de março de 2013

NO MEU TEMPO DE CRIANÇA...






 


















Peço a virgem Maria
Que me traga inspiração
Pra falar do meu tempo
De criança nesse sertão
Onde tudo era alegria
E nós aqui vivia
Humilde de pé no chão

Quando eu era criança
Brincava com um cavalo
Mais não era de verdade
Era aquele feito de talo
Correndo no tabuleiro
Dizia que era vaqueiro 
Com os pés cheios de calo

No terreiro da fazenda
Jogava com um pinhão
Enrolado com uma linha
Arremessava ele no chão
E fazendo estripulia
Puxava a linha e dizia
"Vou aparar agora na mão"

Grande era a boiada
Que eu tinha no curral
Feita de osso de boi
Parecia que era real 
Touro, vaca e bezerro 
Digo e não tem erro 
A raça era semental 

Tomava banho de rio
E jogava capoeira
Tirava areia no porão
Nadava até a barreira
Pescava com landuar
Trairá, curimatã e cará 
E assava na fogueira

Montava em jumento
Dando coice a pular
Correndo no tabuleiro
E peidando pra danar
Só parava quando caia
Chega a poeira cobria
Mais voltava a montar

De carroça eu passeava 
Por veredas do sertão
Na segunda vinha a feira
Comprar meia dúzia de pão 
De bicicleta ainda ia
Visitar uma velha tia 
Na fazenda São João

Tomava leite no curral
Dos peitos da vaca roxa
Separava os bezerros
Das vacas que era moxa
Com um touro me enganei
E veja o que eu ganhei
Um coice bem na coxa

E assim era minha vida
Nas quebradas do sertão
Acordando bem cedo
Pegando o sol com a mão
Do meu tempo de criança
Agora só resta lembrança
E saudades no coração 

Hoje em dia é diferente 
Criança não brinca mais
Com osso de boi e pinhão
Isso ficou pra trás 
Brincam agora de ferrorama 
Gastando uma dinheirama
Tudo pago pelos pais 

É como eu vos digo
Nas linhas desse cordel
Eu era feliz e não sabia
Brincando com barco de papel
Hoje o grande Jatão 
Só ver na televisão
Uma realidade cruel
A marginalização de criança
Que não tem mais esperança
De ser doutor e ter anel. 

                 Texto: Jatão Vaqueiro

quinta-feira, 28 de março de 2013

INFORMAÇÕES

Paróquia do Sagrado Coração de Jesus de Umarizal celebra Lava-pés hoje


A tradicional celebração de lava-pés, que relembra o ato de Jesus Cristo de lavar os pés dos apóstolos, acontece nesta quinta-feira (28) na Igreja Matriz do Sagrado Coração de Jesus de Umarizal. De hoje até domingo, a Igreja Católica realiza rituais para lembrar da morte e ressurreição de Jesus. Ainda nesta quinta-feira, logo após a missa a igreja ficará aberta para horas de vigília e adoração eucarística com o senhor Jesus.


Amanhã, acontece a celebração da Paixão do Senhor, que lembra a morte de Cristo, às 16h. Já no sábado, os fiéis permanecem em vigília pascal e, no domingo, comemoram a ressurreição de Jesus, a Páscoa com missas pela manhã, às 7h e a noite, às 19h.

Além da programação na Igreja Católica, o funcionamento do comércio e repartições públicas também mudam em razão da Semana Santa. Para serviços do município ou governo, o ponto é facultativo hoje.

uzlemfotos.blogspot.com.br

quarta-feira, 27 de março de 2013

Piadas de Caipira

Chico vaqueiro, bruto que só cabeçote de cangalha, vai ao médico no centro de saúde de Munguengue tomar uma injeção. Chegando lá ele pergunta ao médico:
— Vai doer doutor?
O médico respondeu:
--- Seu Chico, agora vai doer um pouco, mas mais tarde não.
Seu Chico muito espantado logo responde:
Oxente doutor, entonce assim eu vorto mais tarde, visse!!

NOTÍCIAS

Grande notícia: chegou água nos reservatórios de Luís Gomes pela Adutora do Alto Oeste!


Grande notícia: chegou água nos reservatórios de Luís Gomes pela Adutora do Alto Oeste! Ainda são testes, é pouca água, mas significa.

Que em breve a primeira fase da obra da Adutora poderá entrar em pleno funcionamento! Já é uma bênção de Páscoa.

Eu não poderia receber notícia mais feliz do q essa das primeiras águas chegando aos reservatórios de Luís Gomes!

Fizemos grande esforço p/ concluir essa obra. São 300 km de adutora, q vai atender 26 cidades. Estamos trabalhando p/ presente e futuro d RN. 
Disse Rosalba Ciarlini em seu Twitter

O PROFETA

VIDA DE PROFETA NO SERTÃO SEMIÁRIDO DO NORDESTE BRASILEIRO


No momento, meteorologicamente falando, tudo está turvo, disse um profeta! Contudo, o mesmo profeta diz: nada impede de em segundos ocorrer as necessárias mudanças de tempo. As condições presentes, em breve, podem ser transformadas... Folhas secas, vistas caídas ao solo, na presença da água da chuva, podem se decompor e devolver ao solo os nutrientes essenciais às plantas e promover toda condição de estresse ao total desenvolvimento delas.
O profeta sempre acredita que a tristeza pode ser convertida em alegria. O profeta se distancia do meio do povo e firma o seu olhar ao céu, inclinando o pescoço, sente o prazer de observar as formações das nuvens e o tocar do vento em suas pernas, ascendendo todo seu corpo, em todos os orifícios da epiderme. O profeta observa o sol, a lua, as estrelas, a aflição dos animais, levando todas essas observações para o seu cérebro e, daí, meditando e tirando suas conclusões meteorológicas.
O profeta do sertão sempre amanhece com aquela necessidade de renovar suas esperanças e seus estudos meteorológicos. O profeta acredita na construção da casa do joão de barro, acredita no castigo e no milagre também. Segundo o profeta, o castigo não é nada de rancor de Deus com o homem, mas apenas um corretivo. O profeta fica entusiasmado, contente e encantado com o homem do rádio ao cantar o refrão da música: "A Triste Partida", sublime composição poética de Patativa do Assaré, interpretada pelo nosso profeta maior LUIZ GONZAGA.
Seguindo outras profecias, o profeta, o poeta pergunta: cadê o chocalho? Cadê o berro? Cadê os bichos de caça? Cadê os cânticos dos pássaros? Ao sentar as nádegas sobre uma rocha de granito super aquecida em uma curva do morto Rio trapiá, com apenas um saco de estopa sobre sua cintura pélvica, o mesmo de antes, e, ao observar o movimento das borboletas de diversos tamanhos e cores o profeta diz: os homens não merecem, mas por outras razões, as conversões meteorológicas vão acontecer e vai chover no sertão.
José Roberto de Sá. Natural de São José da Lagoa Tapada (PB). Engenheiro Agrônomo (UFPB). Doutor em Nutrição de Solos (ESAL). Poeta e Escritor. Autor do livro “A Química do Pensar”, publicado pela Fundação Vingt-un Rosado/Coleção Mossoroense..
Via: isaacarawjo.blogspot.com.br

terça-feira, 26 de março de 2013

Crucificado por Nós


CRUCIFICADO POR NÓS
PELA NOSSA SALVAÇÃO 
NASCEU,VIVEU E MORREU
COM AMOR NO CORAÇÃO
 O FILHO DO DEUS PAI
NÃO LIVROU-SE DA TRAIÇÃO
 
O MESSIAS ESPERADO
CRISTO SALVADOR
A NÓS FOI ENVIADO
  ACABANDO NOSSO CLAMOR
MAIS FOI CRUCIFICADO
COMO "FILHO DO SENHOR"
 
SEM DÓ NEM PIEDADE
ROMANOS E FARISEUS
CRUCIFICARÃO A JESUS
O REI FILHO DE DEUS
  SENDO ENTREGUE AO POVO
PELAS MÃOS DOS JUDEUS
 
MORREU NA CRUZ
O FILHO DE JOSÉ E MARIA
PELOS NOSSOS PECADOS
 JUDAS LHE TRAIRIA
MAIS ELE FEZ SE CUMPRIR
AS LEIS DA PROFECIA
 
ERA A VONTADE DE DEUS
QUE CUMPRIA JESUS
MORRENDO PELA SALVAÇÃO
CRUCIFICADO NA CRUZ
NOS LIVRANDO DO PECADO
E NOS TRAZENDO LUZ
 
A LUZ DA FÉ E ESPERANÇA
PARA UM POVO QUE PADESSE
E POR MUITAS VEZES
DO NOSSO JESUS ESQUECE
SEM TER TEMPO DE ORAR
E DE FAZER UMA PRECE
 
IRMÃOS E IRMÃS
POSTE OS JOELHOS NO CHÃO
NESSA SEMANA QUE É SANTA
ORE POR NOSSA SALVAÇÃO
PEDINDO CLEMÊNCIA A DEUS
PELOS ERROS DA NAÇÃO
 
A EXEMPLO DE JESUS
QUE POR NÓS FOI CRUCIFICADO
FAÇA AGORA UM PROPÓSITO
REZE UM TERÇO AJOELHADO
AO LADO DE SUA FAMÍLIA
PELO POVO NESSECITADO
HUMILDE MAIS CARENTE
ABANDONADO OU DOENTE
QUE VIVE HUMILHADO

                                      TEXTO: JATÃO VAQUEIRO

Poesia de Anizão

Na Paraíba é assim
Os fatos como acontece
No sertão Paraibano
Sua fama permanece
Foi numa paixão de Cristo
Pra descrevê-la eu incisto
Veja Cristo o que padece.
 
Nos confins da Paraíba
Um elenco foi formado
Pelo dono de um circo
Que lá estava instalado
Teve os artistas escolhido
Ficando já definidos
Cada papel ensaiado.
 
Moradores da cidade
Da peça participaram
Para um entrosamento
Muitos dias ensaiaram
Para ser tudo perfeito
Adotaram esse conceito
Todos se organizaram.
 
Para o papel principal
Foi um rapaz escolhido
Da cidade era o gatão
Pelas mulheres querido
Famoso por conquistar
Foi logo chifre botar
Do circo o dono escolhido.
 
Fazer papel de Jesus
O rapaz ia encenar
O dono do circo soube
Que chifre estava a levar
Sabendo do ocorrido
Sentiu por ser traído
Mas não quis atrapalhar.
 
Com o elenco definido
Fez ele a reunião
Decidiu participar
Mas houve contestação
Mas ele a peça montou
Todo mundo lhe aceitou
Pra esta apresentação.
 
Falou o dono do circo
O meu papel nada fala
Só faz a encenação
Vou fazer perfeita e clara
Serei um centurião
Pra causar muita emoção
Com um chicote que estala.
 
E chegando o grande dia
O povo compareceram
Muitas beatas e devotos
As ruas todas se encheram
Para ver com emoção
Sentindo grande emoção
Vendo o que Jesus sofreu.
 
No momento mais solene
Foi um silêncio profundo
Todos querendo assistir
O homem que veio ao mundo
Pregar o amor e a união
E sofrer grande aflição
Sendo da paz o fecundo.
 
Toda platéia chorosa
Vendo Jesus carregando
Aquela cruz tão pesada
E o povo acompanhando
Foi quando o centurião
Com a chibata na mão
Já ia se preparando.
 
Levou chifre de Jesus
Agora pra se vingar
Com a chibata empunhada
Pra com muita força dar
Fazendo um papel perfeito
Ia fazer do seu jeito
Pra ninguém desconfiar.
 
E chegando o seu momento
Para a sena apresentar
O centurião com força
Deu para as listas ficar
Jesus falou ou sujeito
Batendo assim desse jeito
Você vai me machucar.
 
O centurião com jeito
Com Jesus dialogou
É pra causar emoção
Mas mesmo assim lhe falou
A sena pra ser perfeita
Você só faça careta
Do jeito que se passou.
 
Com mais duas chibatadas
Jesus não mais suportou
O sangue já escorrendo
Sua cruz no chão jogou
Com a peixeira afiada
Vou lhe dar uma facada
Pra você sentir a dor.
 
Jesus correndo gritava
Vou lhe pegar no além
E as beatas gritavam
Fura Jesus muito bem
Aqui é a Paraíba
Centurião não castiga
Pois não é Jerusalém.
 
Jesus todo recortado
Por muito tempo correu
O centurião depressa
Nas matas se escondeu
Foi quando vi Cristo brabo
Pegando a faca no cabo
E o centurião correu.
 
E assim foi a história
Do corno centurião
E o Jesus escolhido
Pra esta apresentação
Juntando corno e chifrudo
Na Paraíba tem tudo
Isto não foi ficção.

Anízio Santos

NOTÍCIAS

FAIXAS E CARTAZES CONTRA DILMA BARRADOS EM SERRA TALHADA



Manifestantes que querião cobrar agilidade nas obras hídricas pelo Governo Federal foram proibidos de externar sua posição na vinda de Dilma Rousssef a Serra Talhada no Pernambuco.

Seguranças barrarão a entrada de pessoas com faixas e cartazes contra o Governo no pátio de exposições do município. A alegação é de que o evento seria transmitido pela TV oficial do Governo, a NBR.

Dilma chegou em Serra Talhada em um helicóptero da FAB. Ela foi recepcionada por Eduardo Campos, Luciano Duque e outras autoridades como o Senador Armando Monteiro.

Fonte: Nil JR

Read more: http://www.agroecologianews.com.br/2013/03/faixas-e-cartazes-contra-dilma-barrados.html#ixzz2Oe5DaeOU

NOTÍCIAS

Criança de 03 anos morre afogada em cisterna na zona rural de Brejo dos Santos/PB

O corpo de uma criança de apenas três anos, que residia no Sítio Timbaubinha, no município de Brejo dos Santos (PB), foi encontrado boiando dentro de uma cisterna, em frente à casa dos pais.
Familiares desesperados ligaram para o destacamento Policial de Brejo dos Santos, dando conta de que por volta da 13h00, o garotinho Kleiver de Oliveira Aves Costa, teria sido encontrado morto, dentro de uma cisterna.
A criança que morava com a mãe, a Senhora Verônica Alves da Costa, 38 anos, residente na comunidade de Timbaubinha. Segundo relato da própria mãe da vitima, ela tinha ido pegar água no reservatório, quando se deparou com o corpo do menino boiando, já sem vida.
Familiares ainda conduziram o garoto até o Hospital São Lucas, em Brejo dos Santos, mas infelizmente a criança já chegou sem vida.

Catolé News
Via: gardeniaoliveira.blogspot.com.br

segunda-feira, 25 de março de 2013

AINDA CHOVE NO MEU SERTÃO

Valei-me são Benedito
Me ajude frei Damião
Interceda Nossa Senhora
A Jesus pelo sertão
Que de seco tá cinzento
Triste e sedento
Sem chuvas nesse chão

O mês de janeiro passou
Mês de fevereiro também
Março tá terminando
E as chuvas não vem
Sertanejo olha desolado
Rezando desconsolado
para os santos do além

Num último apelo ele reza
Porque não aguenta mais
Reza com muita devoção
E escumunga o satanás
Dizendo "Sai daqui coisa ruim
Pois a seca vai ter fim
A chuva é Jesus que trás"

A caatinga ta poeirenta
Por dias e dias sem chover
Sabiá não canta mais
Seriema ninguém ver
De verde só o juazeiro
Que imponente no tabuleiro
Fáz sombra até anoitecer 

Dia de São José
19 de março passou
E para ele rezo com fé 
Padroeiro do agricultor
Todo dia que Deus me dar
Peço ao santo pra acabar
 Com essa seca e esse clamor 

Ainda vai chover padim
Pra molhar nosso chão
Acredito no Deus Pai
Que nunca nos deixou na mão
No final de março ou em abril
Chove no nordeste do Brasil
Acabando a devastação

Alguns se revoltam contra Deus
Outros rezam com fervor
Mais eu digo a vocês
Acreditem em nosso Senhor
Pois Nele eu confio
Deus só dar o frio
Conforme o cobertor

Ainda esse ano iremos ver
O gado murgir de alegria
Pela chuva vinda do nascente
Trazida pela ventania
Sapo vai fazer festa
Nos rios da floresta
Até o amanhecer do dia
Galo de campina vai cantar 
O bode no terreiro pular
Se cumprindo a profecia
De um velho agricultor
Que pra o nascente olhou
E disse que a chuva caia

                      Texto: Jatão Vaqueiro

NOTÍCIAS

Beneficiários do Bolsa Família no RN irão receber peixes na Semana Santa

As 54 mil famílias atendidas pelo programa Bolsa Família, em 50 municípios do RN, irão receber doações de peixes para manter a tradição de consumir o alimento durante a Semana Santa, como divulgou o Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater), na tarde desta segunda-feira (25). Segundo a Emater, serão doadas 114 toneladas de pescado, cuja entrega será nesta terça-feira (26) e quarta-feira (27) nas comunidades.

A entrega dos peixes será feira pelos extensionistas rurais da Emater e servidores das prefeituras municipais. Segundo a Emater, a distribuição do pescado é uma ação do Governo do Estado, executada pela Emater, e em parceria com o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), representando um investimento de R$ 800 mil.

Segundo Kize Arachelli, gerente do Compra Direta e extensionista rural da Emater, cada família beneficiada receberá dois quilos de pescado dos seguintes tipos: tilápia, (de águas internas) e atum, dourado, serra, cioba, biquara e pescada (de águas salgadas).
 
Em Umarizal serão disponibilizados três mil quilos, que irão ser entregues no colégio Tancredo Neves nessa quarta-feira 27 de março as 8:00 horas da manhã.

Do G1 RN
Com informações da EMATER de Umarizal

NOTÍCIAS

Presidenta Dilma reúne governadores para discutir pós-seca

A presidenta Dilma Rousseff disse hoje (25) que se reunirá no dia 2 de abril com todos os governadores do Semiárido atingido pela seca, para discutir propostas e ações destinadas a reduzir as consequências da estiagem, que afeta principalmente a Região Nordeste.

O governo federal anunciará a prorrogação até julho do Bolsa Estiagem e o Garantia-Safra. Mas, segundo a presidenta, poderá haver novas prorrogações porque os benefícios serão pagos enquanto durar a seca. A Bolsa Estiagem assiste agricultores familiares com renda até dois salários mínimos em municípios em situação de emergência ou calamidade pública. O Garantia-Safra ajuda os agricultores cuja produção foi prejudicada pela seca.

Além dos nove governadores nordestinos, foram convocados para a reunião, que será realizada em Fortaleza, no Ceará, os governadores de Minas Gerais e do Espírito Santo, estados que são beneficiados pela Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene).
www.ranielegomes.com.br

MAIS CAUSOS DE SEU LUNGA

"Seu Lunga resolve andar um pouco e sai com seu chapéu grande e antigo. Durante sua caminhada ele resolve coçar a cabeça sem tirar o chapéu, então uma conhecida dele pergunta:
-Oxe seu Lunga, num tira o chapéu pra coçar o cabelo não é?
Seu Lunga então responde: -E a senhorita tira a calcinha pra coçar o tabaco?"


"Seu Lunga tava cortando uns limões, quando passa sua mulher e pergunta:
-Esse limão é pra fazer suco?
-Não, é pra eu usar de colírio!"


"Seu Lunga estava num restaurante tomando sopa quando perguntam pra ele:
-Tomando sopa em Seu Lunga?
E seu Lunga responde levantando o prato de sopa e derramando em cima dele mesmo -Não, To tomando banho!!!!!!"