quarta-feira, 30 de maio de 2012

Centenário de Luiz Gonzaga deve marcar festas de São João esse ano

Os trajes nordestinos e a sanfona são as marcas registradas do Rei do Baião. Foto: Everaldo Vilela/Divulgação
Os trajes nordestinos e a sanfona são as marcas registradas do Rei do Baião
Foto: Everaldo Vilela/Divulgação

Em 2012, comemora-se o centenário de Luiz Gonzaga, o maior ídolo musical da cultura nordestina. Não é pouca coisa não! Também conhecido como Lua, o Rei do Baião está para os apreciadores do bom forró assim como Tom Jobim está para a bossa nova. Por isso, este ano as festas juninas vão ser diferentes, vão ter uma característica única. Tanto Caruaru, em Pernambuco, quanto Campina Grande, na Paraíba, dedicam ao ídolo maior a festa de São João de 2012.
O centenário de Luiz Gonzaga já foi tema do desfile da escola de samba Unidos da Tijuca, campeã do Carnaval do Rio de Janeiro, e homenageado pelo desfile do Galo da Madrugada, no Recife.
Luiz Gonzaga se tornou ídolo musical de abrangência nacional em uma época onde os meios de comunicação que davam espaço para a música se restringiam apenas ao rádio. Gravou seu primeiro LP de 78 rotações em 1941, com apenas quatro canções instrumentais. No tempo de Gonzaga, as redes sociais eram formadas nas praças, nos circos, em feiras livres (os supermercados não existiam) e nestes espaços, tocava de tudo. 
Fonte: diversao.terra.com.br

CENTENÁRIO DO REI DO BAIÃO EM 2012

AO DIVINO ESPIRITO SANTO
PEÇO LUZ DA SABEDORIA
PARA QUE POSSA ILUMINAR
MEU PENSAMENTO NESSE DIA
PRA FALAR DO GONZAGÃO
REI DO XOTE, XAXADO E BAIÃO
ERA DO NORDESTE ESSA CRIA

NASCIDO NO ANO DE 1912
NA CIDADE DE EXU
NO SERTÃO PERNAMBUCANO
TERRA DO MANDACARU
MESMO NO PÉ DA SERRA
ONDE O BODE PULA E BERRA
EMBAIXO DO PÉ DE IMBU

GRANDE SANFONEIRO FOI
NAS QUEBRADAS DO SERTÃO
TOCANDO FORRÓ PE DE SERRA
NO TERREIRO OU NO GALPÃO
NO NORDESTE ESSE SENHOR
ERA HOMEM DE GRANDE VALOR
E AQUI CUMPRIU SUA MISSÃO 

GONZAGÃO ERA UM POETA
DA CULTURA POPULAR
CANTANDO XOTE E BAIÃO
FAZIA SUA ESTRELA BRILHAR
DO NORDESTE BRASILEIRO
SAIU ESSE BANDOLEIRO
PARA O MUNDO ELE FOI CANTAR

O "CABRA DA PESTE" GONZAGA
ERA NORDESTINO ARRETADO
VIAJOU POR TODO BRASIL
QUANDO NOVO FOI SOLDADO
SAINDO DO SERTÃO BREJEIRO
CHEGOU AO RIO DE JANEIRO
E LOGO FICOU ENCANTADO

ABANDONANDO A FARDA
NOS CABARÉ FOI TOCAR
PUXANDO SEU ACORDEÃO
QUERIA SEMPRE MELHORAR
MAIS NÃO TOME POR DESAFORO
CANTANDO SAMBA E CHORO
ELE ERA RUIM DE LASCAR

FOI AI QUE ELE COMEÇOU
A CANTAR XOTE E BAIÃO
NUM PROGRAMA DE CALOURO
CHAMOU LOGO A ATENÇÃO
O PÚBLICO APLAUDIO DE PÉ
E ELE COM MUITA FÉ
ENCANTOU TODA NAÇÃO

CANTANDO COM SABEDORIA
TUDO QUE VIA NO SERTÃO
DESDE O VÔO DA ASA BRANCA
ATÉ A NOITE DE SÃO JOÃO
MOSTRANDO A TODO BRASIL
O VERDADEIRO PERFIL
DE NOSSA RESPEITADA REGIÃO

NO FORRÓ E VAQUEJADA
PROGRAMA DO GRANDE JATÃO
TOCO A VIDA DESSE REI
E NÃO MÚSICA DE BAIXO CALÃO
UMA TAL DE "INFINCA" TEM
MAIS EU NÃO TOCO NEM POR CEM
EM RESPEITO A GONZAGÃO 

QUER ESCUTAR MÚSICA BOA
ESCUTE "SANGUE NORDESTINO"
DO GRANDE LUIZ GONZAGA
EU ESCUTO DESDE MENINO
CONTANDO A HISTÓRIA
DE LUTA E DE GLÓRIA
DO NOSSO POVO NORDESTINO

                       TEXTO: JATÃO VAQUEIRO

terça-feira, 29 de maio de 2012

Piadas de Caipiras

A filha de seu Joca vaqueiro morava no sítio trapiar município de Munguengue. A jovem era bonita mais não conseguia se casar, ela possuía um poderoso mau hálito e espantava todos os pretendentes. 

Isso também acontecia com Zé Bedeu, seu namorado, que tinha um insuportavel chulé e morava na maniçoba.

Nos tempos antigos as moças e rapazes quando se conheciam  só pegavam nas mãos. Foi ai que eles resolveram se casar, ela escondeu o seu problema do bafo ele também escondeu o do seu chulé.

Depois do casamento já no quarto da casinha de taipa ele rapidamente foi no terreiro e retirou suas meias que usava com as botas velhas e foi pra cama. A moça cheia de charme não falando nada até então, vai a cozinha se preparar e depois de pronta foi pra cama também onde ele estava esperando, deitou-se ao lado se cobriu com o lençol e olhando para ele falou:
-Zé bedeu!! Eu tenho uma coisa para te dizer homi de Deus.

É ai que ele responde:
-Ja sei Lurdinha! Você comeu a minha meia foi??

Receitas Nordestinas

Peixe assado no leite de côco

Ingredientes

1 Carpa grande
1 pimentão vermelho
½ xícara de azeite, sal, limão
rodelas de cebola, salsa, coentro
1 vidro de leite de côco
farinha de mandioca, molho de tomate

Modo de fazer

Limpe o peixe, esfregue com sal, limão, rodelas de cebola, salsa, coentro, pimentão (de preferência vermelho) e deixe-o descansar nesse tempero. Depois leve o peixe para uma assadeira com os temperos, regando com bom azeite. Quando estiver quase pronto, junte umas duas conchas de molho de tomate e o leite de um côco. Sirva com um bom pirão de farinha de mandioca.
 

FOI GRANDE A MUDANÇA

Nos sítios não se vê mais
Pilão, moinho e jirau
Não tem cavalo de pau
Nem lamparina de gás
Nem alguidar, nem cumbuca
Nem quixó, nem arapuca
Nem tem milho empaiolado
Nem beiju, nem rapadura
Não tem quase agricultura
Tudo ali está mudado.

Não há mais cuia nem ralo
O povo joga na loto
Todo mundo anda de moto
Ninguém sai mais a cavalo
O pão de milho acabou-se
Não comem mais arroz doce
O pote foi encostado
Trocado na geladeira
A água sai da torneira
Tudo ali está mudado.

Energia em toda parte
Para a vida melhorar
Todos têm televisão
Notebook e celular
Nada ninguém desconhece
No mundo o que acontece
Cada um está ligado
Seguindo a modernidade
No estilo da cidade
Tudo ali está mudado.

Não há mais carro de boi
Nem carroça, nem charrete
Criança não pula corda
Prefere é a internet
Em enxada ninguém pega
Água ninguém mais carrega
Jumento foi dispensado
Pra morrer no tabuleiro
Não tem curral nem chiqueiro
Tudo ali está mudado.

Não tem fava cozinhada
Nem mucunzá, nem toicinho
Comem em vez de qualhada
Iogurte e danoninho
Ninguém quer comer feijão
Panelada nem pirão
Nem pé de porco torrado
Querem salsicha com banha
Pizza, presunto e lasanha
Tudo ali está mudado.

Para a vida dessa gente
Foi grande a transformação
Todos foram atingidos
Pela modernização
Está melhor certamente
Bem legal, bem diferente
Não se compara ao passado
Tudo é prático e atual
Em toda a zona rural
Está tudo bem mudado.


Autor: Zé Bezerra

GOVERNO QUER PRIORIZAR 820 POÇOS

O governo do Estado tem uma prioridade para o uso dos  recursos federais da ordem de R$ 10 milhões, liberados pelo governo federal: a instalação dos poços tubulares, perfurados até início de 2011 e que estão sem uso. Em todo o Estado, 887 poços perfurados em 101 municípios não chegaram a ser instalados. Ou seja, não receberam os equipamentos - catavento, geradores e bombas - para a captação da água. 

Segundo o secretário estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Gilberto Jales, essa utilização será possível se o recurso, cuja autorização de empenho e repasse foi publicada  no Diário Oficial da União do dia 24 de maio (edição nº 100), for transferido diretamente para o Estado. "Se o Estado for o gestor do recurso, vamos investir na instalação dos poços, que é a ação mais imediata para resolver o problema da escassez de água", explicou Jales.
*TN

Processo de beatificação de Frei Damião segue para Roma em junho

 

Um homem de fé, que levou uma vida de doação de si em prol dos necessitados. Assim foi a trajetória de Frei Damião de Bozzano, que viveu 66 anos de missões na região do Nordeste brasileiro. Diante de sua fama de santidade, foi aberto o pedido para que o frei seja beatificado. Com o término da fase diocesana do processo de beatificação no último domingo, 27, a expectativa para a aprovação da Santa Sé aumenta, principalmente entre os nordestinos, que puderam acompanhar de perto a obra de Frei Damião.

A abertura oficial do processo de beatificação do frei foi no dia 31 de janeiro de 2003. Desde então, o vice-postulador da causa aqui no Brasil, frei Jociel Gomes, vem trabalhando na chamada fase diocesana, em que se faz o levantamento de documentos sobre a vida do candidato a beato e se colhe depoimentos que comprovem a prática das virtudes cristãs.
Fonte: paroquiadocalvario.org.br

segunda-feira, 28 de maio de 2012

Comissão sugere punição para quem abandonar animais

Quem abandonar animais poderá cumprir pena de um a quatro anos de prisão além de pagar multa. A decisão foi tomada pela comissão de juristas designada pelo presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), para elaborar um anteprojeto de aperfeiçoamento do Código Penal.
Pela proposta, o abandono de animais, em áreas públicas ou privadas, deixa de ser contravenção e se torna crime. O texto também prevê a condenação de pessoas que causarem qualquer abuso ou maus-tratos aos animais, que podem ser domésticos ou silvestres.
Os juristas qualificaram as penas de acordo com o tipo de lesão causada em decorrência dos maus-tratos. Todas esses crimes são passíveis de prisão, que pode chegar a seis anos caso leve o animal à morte.
O tráfico de animais silvestres ou a sua criação foi outro tema tratado ontem pelos juristas. As penas variam de dois a seis anos mais multa e será aumentada se ficar comprovada que a pessoa importou ou exportou qualquer animal silvestre com a finalidade de lucrar.
Nesse caso, estão incluídos no texto também o tráfico de ovos e larvas.
A introdução de animais exóticos na fauna brasileira, sem a devida autorização do órgão competente e o devido licenciamento, também é considerada crime. A pena varia de um a quatro anos de prisão mais multa ainda a ser fixada pela comissão de juristas no texto do anteprojeto.
Do O Mossoroense
Via: uzlemfotos.blogspot.com.br

AUTÊNTICO WHISKY DO VAQUEIRO NORDESTINO

CAVALO BRANCO

ATÉ SEU MADRUGA SE RENDEU AOS ENCANTOS DO NORDESTE


domingo, 27 de maio de 2012

PARTICIPAÇÃO SÁBADO NA FESTA DAS CELEBRIDADES EM UMARIZAL RN

 
Apoiando a cultura
De maneira especial
Participei no sábado
De uma festa fenomenal
Com o Encanto do Nordeste
Uma quadrilha boa da peste
Que existe em Umarizal

              Texto: Jatão Vaqueiro

QUADRILHA ENCANTO DO NORDESTE

UMARIZAL RN (NINHO DO GAVIÃO)

ESSA É MINHA CIDADE
ESSE É O MEU LUGAR
VIVO NESSA COMUNIDADE
AQUI GOSTO DE MORAR
SÓ DEIXO O MEU TORRÃO
QUANDO DESCER AO CHÃO
SEPUTADO NUM CAIXÃO
PRA NUNCA MAIS VOLTAR

           TEXTO: JATÃO VAQUEIRO

TENHA CUIDADO! VISSE BICHIM... AQUI EM NÓS É ASSIM


Piadas de Caipiras

Seu Zequinha vaqueiro tinha acabado de fazer um Exame no posto de saúde de Munguengue , e o medico manda ele esperar na sala ao lado.
Depois de algum tempo o médico vai na sala e fala pro Homem:
- Seu estado não é muito bom seu Zequinha!!
O Vaqueiro fala:
-Oxente doutor!! Num fale assim do Rio grande do Norte não homi de Deus!

E o médico encabulado com a resposta fala:
-Não seu Zequinha é o seu estado de saúde!! Eu tenho uma noticia boa e uma ruim pra te dar qual você prefere primeiro?

E o vaqueiro responde:
A ruim...já estou ferrado mesmo doutor...
Olhe seu Zequinha diz o médico: É que cometemos um erro e amputamos foi sua perna boa...

E o vaqueiro diz: 
-E a boa noticia doutor qual é?
E o médico:

É que sua perna doente que eu ia amputar já está sarando!!!

Igreja publica carta sobre seca no RN


Representantes de instituições que atuam no campo se reuniram na última quarta-feira (23) para debater o projeto de irrigação da Chapada do Apodi e o fenômeno da seca no Rio Grande do Norte. Como resultado da reunião, uma carta endereçada à presidenta Dilma Rousseff, à governadora do RN Rosalba Ciarlini, aos prefeitos dos municípios do Estado e a toda população Potiguar foi desenvolvida. O documento expõe a situação do homem do campo e desenvolve 13 propostas direcionadas às autoridades. A autoria da carta é do Fórum do Campo Potiguar (Focampo), Articulação no Seminário do RN (ASA Potiguar),  Província Eclesiástica de Natal, Arquidiocese de Natal, Diocese de Mossoró, Diocese de Caicó e Associação das Igrejas Evangélicas.

Segue a carta intitulada na íntegra em 
mais informações logo abaixo:

CRIANÇA

Seja a que tem sobrenome
Ou a que não tem boneca
Ou a que tem biblioteca
Ou a que passa até fome
Ou a que não sabe o nome
Nem da rua onde mora
Porque sua rua agora
São as ruas da cidade
Que não vê a crueldade
Ao pequenino que chora.

Que seja a de condomínio
Ou a que brinca na laje
Ou aquela sem um traje
Ou a que tem patrocínio
Ou aquela com domínio
No espanhol e no inglês
Ou a que no português
Só aprendeu as vogais
Pra Deus elas são iguais
Não importam os porquês.

Seja a que tem bicicleta
Ou a que não tem escola
Ou a que mendiga esmola
Ou a que a mesa é repleta
Ou a que 10 nem completa
Ou a que tem no Natal
Presentes e coisa e tal.
Cuidemos, por caridade
Pra que essa igualdade
Fique menos desigual.
Ivan Patriota
( São José do Egito)


DO BLOG JATÃO VAQUEIRO:

É por isso que eu digo
A você meu irmão
Deixe a arrogância de mão
E respeite os mendigos
Que vivem sem um abrigo
Morando nas calçadas
Ou em pontes abandonadas
Sem ter nenhum tostão
Para comprar alimentação
Das famílias desamparadas
 
Políticos de nossa nação
Dêem atenção as crianças
Abandonadas sem esperanças
Nas ruas sem direção
Sozinhas e sem noção
Do futuro que vos espera
Com a fome de uma fera
Sofrem deitadas no chão
Enroladas com papelão
 Pois lhes faltam uma tapera

                  Texto: Jatão vaqueiro 

sexta-feira, 25 de maio de 2012

FUMO EM NÓS


FUMO EM NÓS
*
O que realmente abunda,
Nesta gigante nação
É a chamada falcatrua,
Dos desonestos em ação,
São os corruptos voltando,
E o povo neles votando,
A cada nova eleição.
*
Uma cascata de lama,
Assola nosso torrão.
A justiça é uma gota,
Morosa na punição,
Com isto não me acostumo
Pois quem leva mesmo fumo,
Somos nós, população!!!
*
Texto Dalinha Catunda
Ilustração: Amarildo

(PROGRAMA FORRÓ E VAQUEJADA) SEGUNDO BLOG UZL EM FOTOS

Quadro de programa de Rádio resgata cultura nordestina do tradicional Forró

“Se não fosse a sanfona, a zabumba, o triangulo, a rabeca, e o poeta na veia a sentir”. Como diz a canção de autoria do mestre Genival Lacerda, sem estes instrumentos populares na execução do tradicional forró nordestino, pé de serra, xote e baião, não existiria hoje o quadro “Forró com Jatão”.

O programa Forró e Vaquejada, apresentado pelo radialista Jatão mais uma vez abriu as portas dos studios da FM Fraternidade 104,9 para receber os tocadores do melhor forró.

Na manhã dessa sexta-feira (25), a edição do mês de maio do quadro “Forró com Jatão” foi especial recebendo a participação de tocados de Umarizal e Olho D’água do Borges. Unindo o ritmo das cidades vizinhas, Augusto Silva e o Forró pra Curtir de Olho D’água e os Feras do Bairro Caraíbas do Ninho do Gavião interpretaram grandes canções que marcaram época desde os tempos do mestre Luiz Gonzaga aos dias atuais com sucessos do rei de xote Dorgival Dantas.

“Se não fosse Jackson, se não fosse Gonzagão, se não fosse Antonio Barros e o trio nordestino” Mais uma vez usando a canção de Genival Lacerda, da pra entender como o forró cresceu e se tornou o ritmo cultural do nordeste e mais uma vez porque o “Forró com Jatão” também se torna um dos responsáveis por manter acesa essa tradição.

O locutor Jatão expressa sua motivação em ainda manter vivo o ritmo nas manhãs durante toda semana através do seu programa Forró e Vaquejada. “É bom sabermos que através de um meio de comunicação como a FM Fraternidade, a gente pode trazer um pouco da nossa história e da cultura de Umarizal e do sertão pra perto do nosso povo.” Destaca.

“Eita forró arretado, Forrozão pesado, Que é bom de dançar, Eita forró maneiro
Forró de monteiro, Que é bom de escutar (...)”
É esse o ritmo e o efeito do “Forró com Jatão”.
Daqui a pouco as fotos

(PROGRAMA FORRÓ E VAQUEJADA) SEGUNDO BLOG ODB NEWS



Lilva, Jatão, Augusto Silva, Canidé, Henrique e Raniele Gomes
PROGRAMA FORRÓ E VAQUEJADA TEM PARTICIPAÇÃO DE OLHO D'ÁGUENSES
O Dia de hoje(25) amanheceu mais alegre no Programa Forró e Vaquejada, do locutor Jatão, onde o programa desta manhã teve a participação mais que especial do Sanfoneiro OlhoD'águense Augusto Silva e sua banda "Forró Pra Curtir" onde os mesmo fizeram seu show de forro junto com a galera dos "Ferras do Caraíbas". Também estavam marcando a presença uma equipe de blogueiros, Ronny Kliver (ODB News), Raniele Gomes e Léo Silva(Uzl em Fotos). Veja algumas imagens:
Locutor Jatão
Grupo "Os Feras do Caraíbas"
Augusto ao lado dos seus novos músicos... rsrs

Circo Grock passa pelo interior potiguar


Circo Grock se prepara para uma temporada em todo o Brasil. O primeiro destino será Caicó. A previsão para a estreia é a próxima quarta-feira (30).

A estrutura está sendo montada no Complexo Turístico Ilha de Santana. O espetáculo inédito no Seridó conta com a participação de artistas nacionais e internacionais. Em seu material de divulgação, conta que o Circo Grock é o primeiro circo com ar-condicionado do Brasil.

O Circo Grock é um dos mais respeitados do mundo. Os proprietários Nil Moura e Gena Leão - Espaguete e Ferrugem - caminharam por várias partes do mundo, inclusive Suíça, para trazer a Natal uma estrutura que pudesse passar o conhecimento da arte milenar - que é o circo - para os habitantes do RN. O Circo Grock também é a sede da Escola potiguar das Artes do Circo que é Ponto de cultura do RN.

FONTE: Marcos Dantas
Via: www.arteeriso.com.br

(PROGRAMA FORRÓ E VAQUEJADA) SEGUNDO SITE DO RANIELE GOMES


Alegria, forró  e descontração marcaram o programa forró e vaquejada do locutor Jatão, da FM Fraternidade dessa sexta-feira(25),  em Umarizal, que teve a participação das bandas forró pra curtir e o sanfoneira Augusto Silva e os Feras do Caraíbas e a participação dos blogueiros Rony Kliver (ODB News) , Raniele Gomes(Raniele Gomes) e Léo Silva( UzlemFotos), muito Forró e descontração como acontece sempre uma vez por mês no programa.
VEJAM AS FOTOS EM MAIS INFORMAÇÕES:

COMEÇA HOJE A IV VAQUEJADA DO SAIA RODADA PARK SHOW, EM CARAÚBAS/RN


Tem início nesta sexta-feira a 4ª edição da Vaquejada do Saia Rodada Park Show, em Caraúbas/RN

O evento acontecerá entre o dias 25 e 27 de maio e terá muito boi na pista e várias atrações musicais:


(Imagem: Divulgação)
#Sábado
Forró Chegado, Forró na Tora e Bonde do Brasil

#Domingo
Forró Malícia e Ferro na Boneca

Ministério da Integração Nacional libera R$ 10 milhões para combate à seca no RN


O Ministério da Integração Nacional liberou R$ 10 milhões para execução de ações de socorro, assistência às vítimas e restabelecimento de serviços essenciais devido à seca que atinge o Rio Grande do Norte. A portaria que autoriza o empenho e o repasse do montante foi publicada na edição desta quinta-feira (24) do Diário Oficial da União (DOU).

Além do RN, foram beneficiados com repasses iguais os Estados da Paraíba, Sergipe, Pernambuco, Minas Gerais e Ceará.

Os recursos financeiros serão empenhados a título de transferência obrigatória, devendo ser assinada pelo gestor financeiro e pelo ordenador de despesa, para prosseguimento do processo. O repasse do recurso será executado em parcela única.

Um dos artigos da portaria frisa que "considerando a natureza e o volume de ações a serem implementadas, o prazo de execução das obras e serviços é de 365 dias, a partir da liberação dos recursos".

O dinheiro liberado só poderá ser utilizado pelo Governo do Rio Grande do Norte exclusivamente na execução de ações de socorro, assistência às vítimas e restabelecimento de serviços essenciais. 

A portaria é assinada pelo ministro Fernando Bezerra de Souza Coelho e prevê, ainda, que os Estados beneficiados deverão prestar contas no prazo de 30 dias a partir do término da execução das ações.

Fonte: Tribuna do Norte
Via: www.umarizalnews.com.br

AQUI EM NÓS É ASSIM

O QUE VOCÊ ACHA DISSO??


terça-feira, 22 de maio de 2012

POETAS RECLAMAM DOS MAUS SERVIÇOS DA TIM EM FORMA DE VERSOS


POETA DEDE MONTEIRO
Não sei por que diabo foi
Que, em vez de pagar tão caro,
Eu já não mudei pra “CLARO”,
Pra “NEXTEL”,” VIVO” ou “OI”.
Jesus do céu me perdoe,
Já que eu agi tão errado.
Mas a TIM tem mais pecado
Que Judas, Nero e Caim.
A TIM, tim tim por tim tim,
Não vale um tostão furado.

Quem tiver algum segredo
Pr’um amigo em São José,
Acho que se for a pé
Consegue chegar mais cedo.
Hoje eu fiz calo no dedo,
Terminei triste e cansado,
Sem poder dar um recado
Tão importante pra mim.
A TIM, tim tim por tim tim,
Não vale um tostão furado. 

POETA  Zé de Mariano
Hoje um algo aconteceu
Difícil de acreditar
Disse o poeta Bangá
Que estava com o mano seu
Que Dede lhe apareceu
Com um telefone ligado
Bangá ficou abismado
Ao lhe ouvir dizendo assim
- A tim, tim, tim por tim, tim
Não vale um tostão furado. 

POETA James Dion
É A CARA DO PAÍS
ESSA OPERADORA BOSTA
OFERECE E VIRA AS COSTA
E O POVO NADA DIZ.
A GENTE LIGA ELA DIZ:
O NÚMERO TÁ DESLIGADO
TENTE DEPOIS OBRIGADO!
PAÍS SEM LEI É ASSIM
A TIM TIM-TIM POR TIM-TIM
NÃO VALE UM TOSTÃO FURADO.

 POETA: JATÃO VAQUEIRO
ISSO É UM DESRESPEITO
COM A SOCIEDADE
QUE VIVE A REALIDADE
DE UM SERVIÇO IMPERFEITO 
E NÃO VAI TER GEITO
SE EU FICAR PARADO
SENDO TORTURADO
POR UMA EMPRESA RUIM
A TIM TIM-TIM POR TIM-TIM
NÃO VALE UM TOSTÃO FURADO.
Reproduzido do Blog do Poeta Belmontense: www.poetaciceromoraes.com

segunda-feira, 21 de maio de 2012

VEM AÍ A 4ª GRANDE VAQUEJADA DO SAIA RODADA PARK SHOW


Piadas de Caipiras

Dois amigos vaqueiros estavam conversando em um bar de Munguengue quando um diz:

-Sabe Arfredo o moça do IBGE teve lá em casa e perguntou ai eu quantos fio eu tinha e eu dixe: 

- Bão. . . As minina são seis. . . Os minino são quatro. . .

- Então sua prole é grande! Num é seu Sebastião?


- Grande até que não, sabe moça, mas tá sempre pronta. . . durinha que é uma coisa demais visse

- Ô, cumpadi!
- Qui quie isso homi de Deus? Responde Alfredo.

- Pois oia compadre Bastião! Amanhã mermo eu vô fazê um exame da tar da póstata la no posto de saúde de Mungungue visse. . .


- Ih, cumpadi, é mermo? Pergunta Sebastião:


- É. . . Tenhu qui prevenir se quiser viver compadre. . . Mas ocê veim cumigo e leva um revórvi?


-Oxente. . . Ir cuntigo inté vô, mas revórvi. . Paquê homi de Deus?


- Se eu na hora do exame rivirá os zóio e dar uma risadinha, mata eu compadre, pode mandar bala visse... 
O meu sertão agradece
As chuvas que deus mandar.
O nordeste está sofrendo
Seco sem água e sem planta
O campina já nem canta
O gado não está comendo
As plantas estão morrendo
Dá vontade de chorar
Só deus pra nos ajudar
E ouvir a nossa prece
O meu sertão agradece
As chuvas que deus mandar.

A terra fica doente

Fica a vida ameaçada
Gado morto na estrada
Chega dá pena na gente
O sertanejo carente
Vê a seca arrochar
Quem come do que plantar
Baixa a cabeça e faz prece
O meu sertão agradece
As chuvas que deus mandar.

Quem só vive do roçado

É triste a situação
Se não plantar não tem pão
Pra dar ao filho coitado
O cabra fica apertado
Vendo seu filho chorar
Sem nada ter pra lhe dar
O sertanejo padece
O meu sertão agradece
As chuvas que deus mandar.

Porém a seca obriga

O camponês apelar
Resolve então viajar
Pra se salvar ele briga
Sua família ele abriga
Bem longe do seu lugar
Mas se a chuva voltar
Diz ele à família a prece
O meu sertão agradece
As chuvas que deus mandar.

Mesmo estando na cidade

Quando escuta alguém dizer
Que já começou chover
Lhe bate logo a vontade
Já lhe aumenta a saudade
E resolve então voltar
Pensando logo em plantar
Diz deus ouviu minha prece
O meu sertão agradece
As chuvas que deus mandar.

Vem na primeira viagem

Era o que ele mais queria
A família com alegria
Ele cheio de coragem
Chega e ver outra paisagem
A asa branca a cantar
O verde, o gado a pastar
Com água tudo enriquece
O meu sertão agradece
As chuvas que deus mandar.

Ver os rios transbordando

A mata verde e frondosa
Ho! Que paisagem mimosa
O gado gordo pastando
A passarada cantando
O milho a pendoar
Já tem feijão pra apanhar
O sertanejo envaidece
O meu sertão agradece
As chuvas que deus mandar.

É esta a maior riqueza

Que se vê no meu sertão
Pois a maior ambição
Não é jóia e nem nobreza
Apenas que a natureza
Viva pra nos ajudar
Que deus possa abençoar
E da gente não se esqueça
Pra que o sertão agradeça
A chuva que deus mandar.



de Francisco Rariosvaldo de Oliveira
Olho D’água do Borges - RN - por correio eletrônico

Governo anuncia medidas de combate à seca no RN


Municípios que vivenciam situação delicada com relação à água para consumo humano e que estão localizados na região do Alto Oeste do Rio Grande do Norte serão atendidos pela Adutora Alto Oeste. A ordem de serviço à conclusão do sistema adutor será assinada na sexta-feira, 25, em Pau dos Ferros, pela governadora Rosalba Ciarlini. Com a obra, cidades como Luiz Gomes e Antônio Martins, que enfrentam quadro delicado pela falta d'água, serão atendidas. Até a conclusão do sistema adutor, o Governo do Estado abastecerá essas cidades por meio de carro-pipa, em atuação conjunta com o Exército Brasileiro.

Para a adutora Alto Oeste, segundo a governadora Rosalba Ciarlini, o Governo do Estado investirá R$ 23 milhões. Além do Alto Oeste, a governadora também vai à região Seridó, no sábado (26), anunciar pequenos sistemas adutores para atender comunidades que também enfrentam problemas com a falta d'água.
CONTINUE LENDO EM MAIS INFORMAÇÕES:

AQUI EM NÓS É ASSIM...


FAÇA PARTE


Com seca severa, feijão é o vilão da alta de preço no prato do nordestino 

Em algumas capitais do Nordeste, alta do feijão ultrapassa 100%

Gustavo Maia / NE10
Pior período de estiagem dos últimos 30 anos, a seca nordestina não está afetando apenas a vida do sertanejo. O bolso do consumidor da região está sendo atingido com a alta de preços dos alimentos cuja produção foi afetada pela aridez severa.  Em estados como Pernambuco e Bahia, quase metade dos municípios declararam estado de emergência. Produtos típicos, da mesa do nordestino especialmente grãos e verduras,  estão em alta no período elevando o gasto com alimentos: feijão, milho, batata doce e banana chegam a atingir em algumas capitais mais de 100% de aumento.

AQUI EM NÓS É ASSIM PADIM...


domingo, 20 de maio de 2012

DUAS FACES DO MESMO SERTÃO


ESTIAGEM
Aqui não choveu
E tudo secou
Milho não vingou
Feijão se perdeu
O gado morreu
Rachou nosso chão
Fiz tanta oração,
Promessa também
Mas chuva não vem
Padece o sertão!
INVERNO  
Pois aqui andou chovendo
A babugem já nasceu
O meu gadinho comeu
E a barriga vai enchendo.
O feijão andei colhendo,
E o milho vai escapando,
Já está embonecando!
Não será um grande inverno
Mas escapei do inferno
A fartura tá chegando.
Fotos e texto de Dalinha Catunda
Dois exemplos de décimas e duas faces do mesmo sertão

Sem chuva na nossa terra...



Sem chuva na nossa terra
Aumenta o nosso sofrer
O gado morre de sede
Sem a chuva aparecer
E o nordestino valente
Debaixo desse sol quente
Vendo tudo padecer

Já tem criador sofrendo
Dando de meia, patrão
Por que não aguenta ver
Tudo seco em nosso chão
O que é que vamos fazer  
Se a chuva não aparecer
É triste a situação
 
E as nossas vaquejadas
Dessa minha região
Não vão ser realizadas
Digo qual é a razão
É a triste falta do gado
Magro e desarrumado
Sem ter alimentação

As vaquejadas que tem
Eu digo sem ter demora
Só se o dono tiver ração
Pra dá comer toda hora
Por que o gado que tem
Eu sei disso muito bem
O gado é todo de fora

Mas, vamos torcer que a chuva
Possa cair no vergel
Que o sertanejo contente
Possa tirar o chapéu
Tirar e poder dizer
Quando a chuva aparecer
Obrigado meu Deus do céu


(Lalauzinho de Lalau)

AUTÊNTICO E LEGÍTIMO


ESSES SIM SÃO FORROZEIROS
CANTAM XOTE, XAXADO E BAIÃO
PRA DANÇAR BEM COLADINHO
NOS FORRÓ DO MEU SERTÃO
COM UMA CABOCLA BEM BONITA
FUNGANDO NO CANGOTE DA CABRITA
ATÉ PEGAR O SOL COM A MÃO

                TEXTO: JATÃO VAQUEIRO

Agricultores familiares terão acesso a novas linhas de crédito emergencial

Por Assessoria EMATER-RN
Os agricultores familiares dos municípios atingidos pela estiagem no Rio Grande do Norte serão beneficiados por resoluções criadas pelo Banco Central do Brasil, que renegociam dívidas antigas nas operações de crédito rural e, também, instituem novas linhas de financiamento emergencial para minimizar as perdas trazidas pela falta de chuvas.

O assunto foi tratado durante todo o dia de hoje no Hotel Praiamar, em Ponta Negra, numa reunião promovida pela Secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária e Pesca (Sape), através da Emater-RN. O público foi, em sua maioria, formado por prefeitos e secretários de agricultura dos municípios reconhecidamente em estado de emergência pelo Ministério da Integração Nacional. Cento e trinta e nove municípios do Rio Grande do Norte estão nessa situação. O reconhecimento foi publicado no Diário Oficial da União em 27 de abril de 2012.

Participaram da reunião de hoje ainda representantes da Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte (Femurn), do Banco do Nordeste do Brasil (BNB), Sebrae-RN, da Federação dos Trabalhadores na Agricultura (Fetarn), Incra, Secretaria Estadual de Assuntos Fundiários e de Apoio à Reforma Agrária (Seara), Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras da Agricultura Familiar (Fetraf), além de extensionistas rurais da Emater-RN.

sexta-feira, 18 de maio de 2012

Vaquejada de Serra Negra (RN) começa hoje!!!

Um dos eventos mais esperados no ano terá início nesta sexta-feira (18). A 26° Edição do Parque & Haras Bezerra terá R$ 25 mil em prêmios.

Mas já nesta Quinta-Feira, Hildinho do Acordeon já vai se apresentar na Barraca do Bombeiro.

Na Sexta-Feira, o tradicional Serestão dos Vaqueiros irá animar todos na "Tamarineira".

No Sábado, a alegria fica por conta de Boca Boca, Forró Suado e Expressão Musical.

No Domingo, Saia Rodada, Forró do Amass e Expressão Musical irão encerrar o 3° e último dia da Vaquejada 2012.

FONTE: PARQUE LUIZ ALVES DOS SANTOS