sexta-feira, 30 de setembro de 2011

PIADAS DE CAIPIRAS

Zeca vaqueiro, bebado rodando, estava enchendo a paciência do padre na hora da missa na igreja de Munguengue.
O sacesdote ja não aguentando mais estava pronto para lhe descascar o maior sermão, quando Zeca lhe confessa:
- Pera, aí, seu padre! Eu sou católico... e tenho muita devoção...
- Ah, é pergunta o padre? Devoção por qual santo?
- Por dois logo seu padre! Quando chego em casa com fome depois da cachaçada sou devoto do São Duíche, e pela manhã na hora da ressaca sou devoto de São Risal!!!!!!!

NAS FEIRAS LIVRES DO NORDESTE

A luta por liberdade...

foto-internet
Meu Brasil cheio de histórias
Sofreu com a escravidão
Negro que ia para o tronco
Apanhar sem precisão
Mucama sendo estuprada
Que a luta foi encerrada
Depois da libertação

Essa é a parte da história
Que eu não gosto de contar
Do sofrimento dos negros
Que costumavam apanhar
Nos grilhões da escravidão
Ninguém tinha compaixão
Seu grito era seu penar

Seus filhos sendo vendidos
Vendidos não sei pra quem
O chicote um grande inimigo
feitores que sempre vem
Chicotear a lembrança
De um negro que sempre cança
De um sofrimento que tém

Mas, Mossoró comemora
Aqui mesmo no seu chão
A festa da liberdade
Com o fim da escravidão
Mas, só falta se libertar
Do preconceito que a
No peito do cidadão 


(Lalauzinho de Lalau)

Agricultores de Umarizal exibem suas conquistas no Semiárido

Agricultores e agricultoras parceiros da Diaconia, em Umarizal, região oeste do Rio Grande do Norte, tiveram uma grata surpresa nos dias 20 e 21 de setembro. Nesses dois dias, eles compartilharam suas experiências e conquistas no Semiárido com o membro do Conselho Diretor da Diaconia, Pastor Hartmut Wolfgang. Seu Miguel Saraiva e sua esposa, Dona Antônia Saraiva, foram os primeiros agricultores a receber o visitante, na Sede da Associação de Pequenos Agricultores do Sítio Muruci, na comunidade que leva o mesmo nome. O casal apresentou a cadeia de beneficiamento do algodão agroecológico da espécie 8H produzido em consórcio, ou seja, combinado a outras culturas, como gergelim, amendoim, milho e feijão.

    O galpão onde é realizado o beneficiamento do algodão, hoje equipado com o maquinário, foi apresentado como uma conquista pelos agricultores. O espaço dispõe de descarouçadeira, prensa e balança. Os equipamentos indispensáveis ao beneficiamento foram adquiridos pelos produtores em parceria com a Diaconia e o Banco do Nordeste. Com orgulho, os agricultores reforçaram o sucesso da produção ao falar da exportação para o comércio justo francês, realizada desde 2006. A novidade encantou o Pastor Hartmut. “Bem interessante o resgate da cultura do algodão na região. Os consórcios são essenciais até para evitar as pragas do algodão, como o bicudo, por exemplo.”


    A fartura de alimentos, em pleno verão, no Sítio Sebastopol, encravado no coração do Semiárido potiguar, foi a grande proeza apresentada pelo agricultor Francisco Gurgel, mais conhecido como Chico Raulino. Em uma pequena área irrigada, o agricultor retira frutas, hortaliças e raízes, como macaxeira e batata-doce, para sua alimentação e a de mais três filhos e netos. “O restante dos meus produtos eu ainda comercializo de porta em porta”, completa Seu Chico todo satisfeito. Atento, Hartmut disse estar impressionado com a diversificação da área de Seu Chico. “Mesmo sendo pequena, é visivelmente diferente das áreas dos vizinhos que não fazem o manejo agroecológico como ele”, refletiu o Pastor.
Da Diaconia Por Adriana Amâncio
Fonte: uzlemfotos.blogspot.com

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

O DIFÍCIL É EXPLICAR

A Região do Seridó Potiguar, Tá Sofrendo Com a Estiagem e Seus Efeitos Devastadores
A região seridó do Rio Grande do Norte, tá sofrendo com os efeitos da estiagem que assola aquela região potiguar e grande parte do estado . Os incêndios florestais começam a aumentar causando preocupação por parte dos moradores de varias cidades. Enquanto isso a cidade de Caicó-RN e toda região perdeu o seu principal equipamento de combate a incêndio florestal, que foi recolhido a duas semanas pelo comando geral do Corpo de Bombeiros de Natal-RN, e até agora não foi devolvido. Na tarde de ontem, terça-feira, dia ( 27/09 ), um incêndio de grandes proporções foi registrado no mato às margens da BR-427 na cidade de Jardim do Seridó-RN e deixou a pista sem nenhuma visibilidade. Essa   viatura  ( foto ), que foi levada de Caicó-RN, é quem deveria ter ido ao local para apagar o fogo..

terça-feira, 27 de setembro de 2011

PIADAS DE CAIPIRAS

A mulher de Zé vcaqueiro entra toda afobada na Farmácia de Munguengue e diz:.
- Seu Abdias quero comprar um litro de Formol.
O farmacêutico diz:
- Não posso te vender isso assim senhora, é perigoso.
A mulher:
- Por isso mesmo, quero usar pra matar meu marido. Ele está me traindo com outra mulher.
- Mas senhora, agora é que eu não vou vender mesmo. Sendo pra este propósito que a senhora quer.
- Ah é! Olha aqui a foto da amante dele. É a sua esposa seu Abdias. Ela que é a amante do meu marido.
- O que dona! Por que você não me falou logo. sendo assim com receita, tudo bem ai eu vendo.

FAZENDO VALER A HISTÓRIA DO PAI

Renato de Tetê é campeão na maior vaquejada da história de Itapebussu/CE
Usando a clássica camisa azul da Ypioca, que seu pai Tetê sempre usou para derrubar boi nas vaquejadas do Brasil, o vaqueiro Renato Tobias esteirado pelo seu fiel escudeiro  Carlos Timóteo, ganhou a vaquejada de Itapebussu-CE  e levou um carro zero. “É um orgulho ganhar no Ceará diante de uma plateia nunca vista na história do Parque Novilha de Prata. Agradeço a Deus, ao meu saudoso pai que sempre me ensinou as melhores coisas da vida, aos meus companheiros de vaquejada e a toda a minha família,” declarou Renato.
 Em Itapebussu tamanho é documento e a vaquejada do parque Novilha de Prata faz história a cada edição. São 66 anos de tradição que se renova a cada ano e prova que o esporte estar cada vez mais e arregimentando adeptos.
Com apenas duas categorias disputando (Profissional e Amador) a premiação foi de R$ 64 mil e com direito a duas senhas, a vaquejada conseguiu realizar 809 senhas, sendo 217 na categoria Profissional, 591 na Amador e uma senha de apresentação.
O candidato a presidência da ABVAQ – Associação Brasileira de Vaquejada, Geraldo Estrela Neto, se fez presente em Itapebussu e elogiou a forma organizada como Zé Ilson, com a colaboração de Raminho Patrão e Prefeito Locutor  conduziram a festa e acrescentou:”São pessoas como estas que fazem o esporte crescer e nos motiva a declarar; Viva a vaquejada”.
O público circulante nos quatros dias de festa passou de cem mil pessoas e as duas noites de shows com bandas do nível de Aviões do Forró e Garota Safada atraíram 35 mil forrozeiros. O promotor do evento Zé Wilson agradeceu a todos os colaboradores e patrocinadores que contribuíram para o sucesso de mais uma vaquejada no Novilha de Prata e prometeu trabalhar desde já para realizar uma superfesta no próximo ano.
Fonte: vaquejada na mídia

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

RECEITAS DO CAMPO

Carne Seca Acebolada

Carne Seca Acebolada
Ingredientes:
1kg de carne seca em cubinhos
3 xícaras de chá de água
3 cebolas grandes fatiadas
1 colher de sopa de óleo
1 colher de sopa de manteiga
sal a gosto
pimenta do reino a gosto
salsa picada a gosto

Preparo:

- Vamos lá: em um recipiente despeje a carne e deixe de molho em água, na geladeira, por mais ou menos 12 horas trocando a água pelo menos umas 3 vezes.

Depois escorra a carne e coloque numa panela de pressão. Cubra com a água e leve ao fogo médio, cozinhe por 20 vinte minutos, após o vapor começar a sair.


Depois desligue, tire a pressão, abra a panela, escorra e reserve.


Numa frigideira, refogue a cebola em fogo baixo com óleo e manteiga por 10 minutos ou até dourar.


Adicione os cubinhos de carne e refogue por mais 3 minutos.


Transfira a carne refogada para uma travessa, e adicione a salsa picada.

Compartilhar essa Receita de Carne Seca Acebolada:

PIADAS DE CAIPIRAS

Seu Nicolau vaqueiro vai na farmácia de Munguengue e, enquanto espera para ser atendido, ouviu uma moça dizer ao farmacêutico:

-Por favor seu joão, me dê um mamex!


O velhinho ficou intrigado com a pergunta da moça e perguntou:


-Seu João o que é mamex?


O farmacêutico respondeu:


-Seu Nicolau e um remédio para endurecer os seios.


E o velhinho fala baixinho no ouvido de seu João da farmácia:


-Ah! Então é isso. Ei seu João o senhor me dê ai um pintex, por favor!

HOMENAGEM: GERALDO AMÂNCIO HOMENAGEIA O FALECIDO POETA JOSÉ ALVES SOBRINHO

O cantador paraibano José Alves Sobrinho foi um dos maiores repentistas de todos os tempos no mundo da cantoria e um respeitado pesquisador da cultura do repente e da Literatura de Cordel. Em parceria com o professor Átila de Almeida, também falecido, lançou uma obra fundamental para a pesquisa dessas duas vertentes: O Dicionário Bio-Bibliográfico de Repentistas e Poetas de Bancada, publicado em dois volumes pela Editora da UFPB
O poeta GERALDO AMÂNCIO, admirador confesso de José Alves Sobrinho, que faleceu aos 90 anos no último dia 17 de setembro, em Campina Grande-PB, prestou-lhe uma sentida homenagem nesse texto a seguir:
"A cantoria existe há quase dois séculos no Brasil,  nesse campo já passaram milhares e milhares de cantadores. Na minha avaliação, na minha ótica e pela a experiência que tenho ao longo dos anos, não houve até hoje ninguém que superasse o talento de José Alves Sobrinho. Isso eu tive a felicidade de dizer ao mesmo. José Alves Sobrinho, formou com Dimas Batista a mais perfeita dupla de cantadores que o mundo ouviu. É de nossa autoria a antologia"de repente cantoria" cujo prefácio foi feito de uma carta que o referido poeta me mandou. Para não ser muito prolixo, vou deixar postadas aquí duas estrofes desse imortal menestrel que nunca teve a fama que mereceu.
Cantando com o poeta Gerson Carlos,  num festival em Cajazeiras -PB, foi solicitado seguinte mote em homenagem ao prefeito Quirino: Só Quirino enlargueceu, a rua José Tomaz. Eu ouví pelo rádio e memorizei essa obra prima de improviso.
ERA FRACA A SIMETRIA
DA RUA QUE ERA MAL FEITA,
ALÉM DE TORTA ERA ESTREITA
AO TRÂNSITO INTERROMPIA.
TODO MUNDO PROMETIA
MAS QUEM PROMETE NÃO FAZ,
VEIO QUIRINO UM BOM RAPAZ
FEZ O QUE NÃO PROMETEU,
SÓ QUIRINO ENLARGUECEU
A RUA JOSÈ TOMAZ.
O grande poeta cantava numa casa, onde estavam comemorando o aniversário do pai e do filho, ele magistralmente constrói essa sextilha:
TEMOS DOIS ANIVERSÁRIOS
COM IDADES DIFERENTES,
O PAI ENTRE OS PECADORES,
O FILHO ENTRE OS INOCENTES,
O PAI MUDANDO OS CABELOS,
O FILHO MUDANDO OS DENTES
Posso afirmar sem medo de errar, que cantando de improviso mesmo, na safra atual não há ninguém com o talento de um José Alves Sobrinho. Que Deus o acolha no mais sublime dos reinos.
Geraldo Amancio.
O Dicionário é uma referência obrigatória na pesquisa do cordel e da cantoria
Fonte: Blog Acorda Cordel via Blog PPLP

A HISTÓRIA A GENTE FAZ

 
Pelo decorrer da vida
Nas estradas que andamos
Nos lugares que passamos
Podemos deixar sinais
Com as nossas militâncias
Em todas as circunstâncias
A HISTÓRIA A GENTE FAZ.

Não somente na vanguarda
Na retaguarda também
De maneira que ninguém
Deve julgar-se incapaz
Pelas causas e efeitos
Dos fatos somos sujeitos
A HISTÓRIA A GENTE FAZ.

Da construção da história
Devemos ser operários
Os atributos são vários
Que a realidade traz
Dia, mês, semana e ano
Vivendo o cotidiano
A HISTÓRIA A GENTE FAZ.

Na política faz-se história
Nas produções literárias
Nas lutas comunitárias
Nos trabalhos sociais
E nas associações
Desenvolvendo as ações
A HISTÓRIA A GENTE FAZ.

Seja na praça ou no campo
Seja num lugar deserto
Seja longe ou seja perto
Seja em crises cruciais
Seja em momentos instáveis
Seja em épocas favoráveis
A HISTÓRIA A GENTE FAZ.


Seja conscientizando
Seja fazendo ações boas
Seja educando as pessoas
Seja na guerra ou na paz
Seja praticando esporte
Seja no sul ou no norte
A HISTÓRIA A GENTE FAZ.

Seja no campo das artes
Seja escalando os montes
Seja construindo pontes
Seja promovendo a paz
E aprendendo a repartir
Enquanto a vida existir
A HISTÓRIA A GENTE FAZ.


Autor: Zé Bezerra

sábado, 24 de setembro de 2011

REPORTAGEM DO BLOG ODB NEWS

MULEQUES DO FORRÓ RECEBERAM UMA CAIXA AMPLIFICADA EM OLHO D`ÁGUA DOS BORGES 

JATÃO FAZENDO A ENTREGA
Os Muleques do Forró, trio de artistas mirim de nossa cidade, receberam hoje(24) uma caixa amplificada doada pelo empresário Raimundinho da cidade de Marcelino Vieira, esta caixa foi doada dia 17 deste mês quando o grupo se apresentava durante a programação da festa do padroeiro da cidade de Umarizal no ll VIVARTE, e foi entregue hoje pelo locutor da radio FM Fraternidade Jatão.
 "Acho muito bonito quando vejo crianças e jovens envolvidos com a musica, isso é uma das formas para que essas crianças não se envolva em caminhos errados, ações como essas devem ser apoiadas por todos!" Diz Jatão. O locutor ainda avisou que em breve levará os meninos para tocarem ao vivo em seu programa da FM fraternidade.
Ronny Kliver do Blog: ODB NEWS Olho D´água dos Borges
NA FESTA DO PADROEIRO
NO PROGRAMA DE JATÃO
ESSES MENINOS FIZERAM
BONITA APRESENTAÇÃO
NO PATAMAR DA IGREJA
AGRADANDO COM CERTEZA
A TODA POPULAÇÃO

UMA CAIXA AMPLIFICADA
ELES SONHAVAM EM GANHAR
E JATÃO FOI LOGO VENDO
UMA MANEIRA DE AJUDAR
E PEDIU A SOCIEDADE
DE TODA ESSA CIDADE
A CAIXA DELES TOCAR

O POVO TODO AJUDOU
FAZENDO SUA DOAÇÃO
E AINDA RAIMUNDINHO
DOOU DE CORAÇÃO
A CAIXA AMPLIFICADA
DEIXANDO A MOLECADA
FELIZ COM ESSA AÇÃO

                                         TEXTO: JATÃO VAQUEIRO 
Veja mais fotos em mais informações:

FESTA DO PADROEIRO 2011: CARTA AOS FILHOS AUSENTES DE UMARIZAL (RN)



 Esse ano a Festa do nosso Padroeiro, o Sagrado Coração de Jesus será uma grande celebração. Será grande porque o tema é um importante convite: “Vem para a Festa da Paz” e o lema, um presente deixado para nós por Jesus Cristo: “Deixo-vos a paz, dou-vos a minha paz”. Jo 14,27.
A Paz é um anseio de todo homem e mulher de boa vontade. Todos nós sonhamos e queremos um mundo de paz. Temos os meios e sabemos o caminho para que esse sonho seja uma realidade concreta. O Mestre de Nazaré se autodenomina de Príncipe da Paz, como seus seguidores podemos afirmar que Jesus é a fonte de onde jorra todo o bem, da justiça e, por conseguinte toda a Paz.
Voltemo-nos então toda a nossa ação, nossa vida para essa fonte que jorra sobre nós.
É com esse sentimento de paz e de festa que vem do coração de Deus que chegamos até Você Estimado(a) Filho(a) ausente de nossa Umarizal.
Queremos que Você aceite o nosso convite e venha participar da nossa Festa da Paz.
Celebraremos a nossa Festa de 17 a 27 de setembro, como de costume teremos uma noite dedicada aos filhos ausentes que esse ano acontecerá no:
DIA 24 DE SETEMBRO DE 2011 - sábado
NOITE DOS FILHOS AUSENTES, FAMÍLIA MAÇÔNICA, CARROCERIAS VICUNHA e FM FRATERNIDADE, IMPRENSA e PASCOM.
09:00 – Batizados na Igreja Matriz;
19:00h – Missa;
TEMA: “Com o Sagrado Coração de Jesus, queremos paz para os nossos comunicadores”;
PREGADOR: Agmar Dutra - Umarizal;
ATRAÇÃO: Coral Vozes Vicunha – Fortaleza-CE;
GAROTA: Nauani da Silva Moura;
PROMOÇÃO: Bingo de 01 (um) celular;
RESPONSÁVEIS: Agmar Dutra, Alaede, Débora, Glauber, Dr. Roberto, Dr. Nivaldo, Ana e Bosco Rodrigues.
23:00h – IX Grande Festa do Encontro no Mercado Público com os TREMENDÕES.
Você também poderá se fazer presente através da sua oração, acompanhando as novenas e missas através da FM Fraternidade 104,9 acessando o site: www.fmfraternidade.com.br, acompanhar todos os momentos através do Blog da Paróquia:www.paroquiadeumarizal.blogspot.com, como também enviando a sua oferta material para a conta:
Banco do Brasil
Agência: 0879-6
Conta Corrente: 7.441-1
PARÓQUIA SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS
Aguardamos a sua resposta através de carta e/ou e-mail para lermos na noite dedicada a Você.
Que nossas humildes e singelas orações cheguem até Você!
Um forte abraço na Paz do Coração de Jesus,
Atenciosamente,
Pe. João Batista e Equipe

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

BEBO NÃO, A MOLESTA, PENSE NUMA CANA GRAAAAANDE (RESENHA).

  1. eu vou conseguir... 
    Eu vou conseguir...
    1. ei eu acho que foi o tira gosto que me fez mal...
      ei eu acho que foi o tira gosto que me fez mal...
      1. tô quase lá macho vei...
        tô quase lá macho vei..
        COMPADRE ESSA SITUAÇÃO
        FOI DEPOIS DE UMA VAQUEJADA
        ONDE ESSE CABOCLO
        NÃO SE LEMBRA DE QUASE NADA
        FOI UM PORRE DE PITÚ
        NA CORRIDA DO IGUATÚ
        JÁ BEM DE MADRUGADA

        ELE TÁ QUASE CONSEGUINDO
        NAS PERNAS SE EQUILIBRAR
        E A MARVADA DA CACHAÇA
        NÃO DEIXA ELE LEVANTAR
        PRA TOMAR OUTRA LAPADA
        DE CANA COM BUCHADA
        ANTES DA VAQUEJADA ACABAR

        BEBEU E COMEU FIADO
        E AINDA CONVERSOU BESTEIRA
        EM UMA BANCA DE CACHAÇA
        DE UMA VELHA CAFEZEIRA
        QUE NÃO AGUENTOU MAIS
        A POLICIA BOTOU ATRÁS
        E O BEBO SAIU NA CARREIRA

        ESSE CAMARADA TOMOU
        UM PORRE BEM ARRETADO
        NÃO ARRUMOU NAMORO
        FICOU FOI EMBRIAGADO
        TODO SUJO E FEDENDO
        DESMANTELADO E DEVENDO
        E EM CASA TÁ SEPARADO

        NA VAQUEJADA É ASSIM
        O CABRA BEBE ATÉ LASCAR
        FICA RICO E VALENTE
        DOIDO ATRÁS DE BRIGAR
        FAZENDO CONFUSÃO
        COM UMA PEIXEIRA NA MÃO
        BRABO QUE SÓ UM GUARAR
          TEXTO: JATÃO VAQUEIRO

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

 CAUSOS DE SEU LUNGA

PLACA COLOCADA POR SEU LUNGA
Seu Lunga pela segunda vez foi ao médico ficou na fila e quando chegou a sua vez ele entrou e sentou na cadeira, o médico sabia que seu Lunga já tinha se consultado uma vez, perguntou de outra forma:
- O que hoje o senhor tem? Respondeu seu Lunga:
- Uma vaca, uma burra, uma mulher e cinco filhos pra criar.
O médico viu sua perna inchada.
- Mas meu senhor isso tudo é a idade. Seu Lunga irritado disse:
- É não que a outra perna é da mesma idade e não dói.


Seu Lunga chega em casa com um quilo de queijo e disse:
- Maria frita uma fatia de queijo pra mim. Maria pergunta:
- ô Lunga com mateiga ou com óleo? Respondeu seu Lunga:
- Nem com manteiga, nem com óleo prefiro com fogo.
 

PIADAS DE CAIPIRAS

Um filho de seu Josa vaqueiro vai a igreja de Munguengue se confessar e o padre lhe pergunta!!
Meu filho, quais são os seus pecados?
-Padre eu comunguei há 3 anos.
-Ok, meu filho, mais quais são seus pecados?
-Eu comunguei há 3 anos padre.
-Está bem meu filho, eu sei que você comungou há 3 anos.
-Isso não é pecado!Conte-me seus verdadeiros pecados.....
-Mais o senhor não entendeu seu padre, eu estou lhe dizendo: EU - COMO - UM - GAY - HÁ - TRÊS - ANOS!!!

Criança nasce com "cara de sapo" e assusta moradores da cidade de Sobral no Ceará.

                         Bebê com "cara de sapo"(Foto Reprodução)
Uma criança com cara de sapo nasceu na cidade de Sobral no vizinho estado do Ceará.

Para a população daquela cidade, o fato ocorreu devido a mãe  ter pisado em sapo cururu durante a gravidez.

Já para uma amiga, o fato pode ter acontecido por a mãe talvez ter tomado remédios para abortar. "Não perguntei quando foi o ocorrido, nem mais detalhes do porque dele nascer assim, se ela tentou abortá-lo ou coisa parecida, quando ela me falou eu não fui tão curiosa assim pra perguntá-la, só copiei o vídeo, e pronto". Outra irmã confirmou que já viu alguém ter um bebê assim e que está na UVA para estudos.

Para a medicina, trata-se de uma malformação fetal mais frequentemente relatada pela medicina. Trata-se de uma anencefalia, que consiste numa má formação rara do tubo neural acontecida entre o 16° e o 26° dia de gestação, caracterizada pela ausência total ou parcial do encéfalo e da calota craniana.
 Fonte: /www.meionorte.com

UM VEÍCULO APAIXONANTE

 
Continua sendo o rádio
Muito útil e importante
Sua comunicação
Sempre é significante
Até dentro de um estádio
Para muitos é o rádio
Um veículo apaixonante.

As pessoas ouvem rádio
Em qualquer localidade
Mesmo perante os avanços
Grandes da modernidade
Num mundo competidor
Ele mantém seu valor
E a sua qualidade.

Do locutor e o ouvinte
A relação é sadia
Como se estivessem próximos
Um do outro em sintonia
Com essa proximidade
Crescem laços de amizade
Afeto, amor e alegria.

Rádio transmite notícias
Umas ruins e outras boas
Tem um público bem eclético
Adultos, jovens, coroas
Comunica em larga escala
No mesmo tempo em que fala
Pra milhares de pessoas.

Pode o rádio ser ouvido
No trânsito e dentro do lar
Em vila, sítio e cidade
No ar e até no mar
Sua marca registrada
É dirigir-se a cada
Ouvinte em particular.

O rádio com persistência
Enfrenta a competição
É sempre um bom companheiro
Nas horas de solidão
Por ser quase cem por cento
Mesclado de sentimento
Companheirismo e paixão.


Autor: Zé Bezerra

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

O Caju e a Castanha

Outubro é mês de caju
Em meu querido sertão.

Quando a safra é boa,
Dá tanto que cai no chão.
Totalmente seduzida
Eu sou só contemplação.

Vermelho e amarelo,
Alaranjado também.
Comprido, arredondado
De todo formato tem.
E transformado em suco,
É gostoso e faz bem.

Dele é feito o doce,
Mel, vinho e cajuína,
Produtos apreciados,
Na região nordestina.
Tudo que vem do caju
Na verdade me fascina.

O Caju é o pedúnculo.
A castanha é o fruto.
Não sei de qual gosto mais
Só sei que dos dois desfruto.
Sou doidinha por castanha,
Por caju e seus produtos.

Na folia do caju
Eu nasci e me criei.
Em flandres assei castanha,
Com seu leite me queimei.
Aventuras de menina,
Que arrebatada provei.

(Dalinha Catunda)

Casaco de Urdemales na Praça de Umarizal

Popular Ronaldo e a Personagem Gracinha
No último domingo (18) apresentou-se em frente a Igreja Matriz de Umarizal durante o II VIVARTE na Festa do Padroeiro, o espetáculo de Teatro de Rua “O Casaco de Urdemales” montagem que já passou por várias cidades do Sudeste e Nordeste brasileiro e conta com a participação dos atores umarizalenses  Jardeu Amorim, Léo Alves e Victor Miranda, e ainda com Berg bezerra e Diego Tavares da Cia. Ciranduís de Janduís e Junio Santos do Grupo Cevantes do Brasil de Icapuí – CE. A apresentação foi bastante comentada e aplaudida por todos que estavam presentes na praça e principalmente pela participação de uma figura que deu um toque de humor maior do que o espetáculo pretendia, interagindo constantemente nas cenas, um ator das ruas louco pra mostrar-se. 
Fonte: arteriso.blogspot.com

NOSSA LÍNGUA PORTUGUESA 

O negócio é aprender a escrever com a torcida do Santa Cruz/PE

Era pra ser: "ADEUS SÉRIE D" (Em alusão ao campenato brasileiro de fitibó)

E deu no que deu... 

Fonte: sertaodofiofo.blogspot.com

Bezerro de duas cabeças nasce em Monte Horebe/PB

Em casos como esse o animal tem pouca chance de sobrevivência.

O casal José Nunes da Silva e Dairinha Dias ficaram surpresos com o nascimento do animalzinho.

Um bezerro que nasceu nesse domingo (18) com má formação genética causou repercussão e chamou muita atenção no município de Monte Horebe, Alto Sertão da Paraíba, no sítio Boa Vista II, a 2 Km da cidade.

O animal nasceu com duas cabeças, quatro olhos e único corpo. Os proprietários da fazenda onde nasceu o animal ficaram muito surpresos ao vê-lo e logo muita gente tomou conhecimento do fato curioso.

*Radar Sertanejo
via: gardeniaoliveira.blogspot.com

terça-feira, 20 de setembro de 2011

AGRADECIMENTO PELO COMENTÁRIO

1 comentários:


hugo disse...
JATÃO, NÓS AQUI DA CIDADE DE OLHO DAGUA DO BORGES TEMOS APENAS É QUE AGRADESCER O INCENTIVO E O EMPENHO QUE VC TEVE/TEM COM ESTES GAROTOS. TODO DOMINGO ELES ACORDASM ÀS 5 DA MANHÃ PARA TOCAR FORRÓ NA FEIRA LIVRE DE NOSSA CIDADE, O DINHEIRO QUE ELES CONSEGUEM VAI PARA A JUDAR A FAMÍLIA E OUTRA PARTE PARA QUEM SABE UM DIA ADQUIRIR INSTRUMENTOS NOVOS. PARABÉNS PRA VC, O MUNDO MAIS PRECISA DE PESSOAS COMO VOCÊ, PESSOAS COM VONTADE DE AJUDAR OS OUTROS. UM GRANDE ABRAÇO MEU CAMARADA E PARABÉNS MAIS UMA VEZ!
Um certo dia em uma casa de fazenda la em munguengue a lamparina se apaga e fica tudo escuro. Uma senhora sai para pegar velas na bancada, quando volta ela se depara com um vulto tudo escuro ela tenta enxergar o máximo que pode e ver o vulto novamente ela se prepara e quando o vulto passa ela pega nele, consegue pegar nos pisuidos do caboco e pergunta:
Quem é?  Responda!!!!
E nada do camarada falar
Ela novamente ja esticando os pisuidos do camarada pergunta:
Responda quem é!!! É uma alma penada?????
E nada de ninguem responder.
Ai a senhora da uma esticada que estrala os pisuidos dele e pergunta vai responder quem é ou não??!!!
E então ja sofrendo o sugeito responde:
- É o Mudinho!!! É o Mudinho!!!!

NOS ACORDES DA VIOLA


Nos Acordes da Viola
Sou caboclo nordestino,
Sou moleque, sou menino,
Sou poeta e cantador.
Quando pego na viola,
Meu peito tristonho chora,
E ela geme de dor.

Às vezes eu me arrebento,
Quando vem no pensamento,
O tempo bom que passou.
É quando castigo a viola,
Aí a danada chora
Cantando cantigas que outrora,
O meu passado embalou.

Sou caboclo nordestino,
De forró sou dançarino.
De faca Sou corredor.
Com morena faceira e cheirosa,
Bastam dois dedos de prosa,
Pra lhe provar meu amor.

Andei de cavalo de pau,
No talo da carnaúba.
Cheirei a flor mais cheirosa,
Cheirei a flor da munguba.

Com o papagaio no alto,
Lata e linha na mão,
Corri por toda cidade,
Brincando de pé no chão.

Brinquei de bola de gude,
Brinquei de bola de meia.
Fui um moleque feliz
Vivendo em minha aldeia

Hoje quando a saudade,
Aperta no meu coração,
Nos acordes da viola,
Vou dedilhando a canção.

O canto brota da alma,
Deste cabra sonhador.
Coração tristonho chora,
E a viola geme de dor. 

Fonte: /cantinhodadalinha.blogspot.com
O Município de Olho Dágua do Borges-RN, Celebra Hoje o 82º Aniversário da Sua Fundação, Nossos Parabéns...!!!

 (Vista Parcial da Cidade)
O Blog Gente Que Faz e Acontece, faz coro de parabéns para a cidade de Olho D'agua do Borges-RN, que celebra hoje, terça-feira, dia, 20 de Setembro, mais um ano de aniversário de sua fundação. Olho Dágua do Borges-RN, como já disse o Pr. Josinaldo, Missionário Evangélico da Igreja de Cristo, é 'Terra Que Emana Mel e Leite'. Nossos mais sinceros parabéns...
( Prefeito da Cidade-Drº. Jackson Queiroga )
( Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição )
( Dorgival Dantas - O Filho Mais  Famoso da Cidade)
( A Cavalgada do programa de Jatão- Uma Nova Tradição  )
 
 É COM GRANDE ALEGRIA
DENTRO DO CORAÇÃO
QUE VI ESSA REPORTAGEM
NESSE BLOG DE EXPRESSÃO
DO MEU AMIGO WALTIM
QUE PROPOCIONOU A MIM
ESSA GRANDE EMOÇÃO
 
SOBRE ESSE EVENTO
DENOMINADO CAVALGADA
QUE FOI IDEALIZADO
PRA SER DE MADRUGADA
DE OLHO D´AGUA SAINDO
O POVO TODO ASSISTINDO
ESSA FESTA ORGANIZADA
 
 ESSE É O ANIVERSÁRIO
DA FM FRATERNIDADE
EMISSORA DE RÁDIO
AQUI DE NOSSA CIDADE
E ESSA COMEMORAÇÃO
É PRA VOCÊ CIDADÃO
DE TODA COMUNIDADE
 
SINTO-ME ORGULHOSO
EM FAZER PARTE DA TRADIÇÃO
DA GENTE DESSA TERRA
QUE AMA O SEU CHÃO
A CAVALGADA  É CULTURA
E COM O POVO SE MISTURA
AQUI NO MEU SERTÃO
                                 TEXTO: JATÃO VAQUEIRO
REPORTAGEM DO BLOG: gentequefazeacontece.blogspot.com

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

PIADAS DE CAIPIRAS

Cosmo filho de seu Abdias vaqueiro bicha de lascar vai ao médico no posto de Munguengue e fala para o médico:
-Aiii Doutor to com dodói! - diz em voz bem afrescaiada. E o médico pergunta: 
- Onde meu rapaz? Na cabeça? 
- Não, doutor! é mais para baixo! 
- No pescoço pergunta o médico? 
- Não, doutor! é mais para baixo! E o médico ja irritado: É no estômago?
- Não, doutor! é mais para baixo! 
- Já sei fala o doutor! é no passarinho! 
- Não, doutor! é mais aqui atrás  na gaiolinha de guardar  passarinho!
AQUELA DOSE DE AMOR
(do livro
DEZ CORDÉIS NUM CORDEL SÓ, Ed. Queima-Bucha, Mossoró, 2006)

Antonio Francisco
Um certo dia eu estava
Ao redor da minha aldeia
Atirando nas rolinhas,
Caçando rastros na areia,
Atrás de me divertir
Brincando com a vida alheia.

Eu andava mais na sombra
Devido ao sol muito quente,
Quando vi uma juriti
Bebendo numa vertente.
Atirei, ela voou.
Mas foi cair lá na frente.

Carreguei a espingarda,
Saí olhando pro chão,
Procurando a juriti
Nos troncos do algodão,
Quando surgiu um velhinho
Com um taco de pão na mão.

O velho disse: - “Senhor,
Não quero lhe ofender,
Mas se está com tanta fome
E não tem o que comer,
Mate a fome com este pão,
Deixe este pássaro viver.”

Eu disse: - Muito obrigado,
Pode guardar o seu pão...
Eu gasto mais do que isso
Com a minha munição.
Eu mato só por prazer,
Eu caço por diversão.

O velho disse: -“É normal
Esse orgulho do senhor
E todo esse egoísmo
Que tem no interior.
É porque falta no peito
Aquela dose de amor.

Se eu tivesse botado
Ela no seu coração,
Você jamais mataria
Um pardal sem precisão,
Nem dava um tiro num pato
Apenas por diversão.”

Eu fiquei muito confuso
Com as frases do ancião.
Aquelas suas palavras
Tocaram meu coração
Derrubando meu orgulho
E a vaidade no chão.

Me vali da humildade
E disse: - Perdão, senhor,
Desculpe a minha arrogância,
Mas lhe peço um favor,
Que me conte essa história
Sobre essa dose de amor.

O velho disse: - “Pois não.
Vou explicar ao senhor
Porque mesmo sem querer
Sou o maior causador
De hoje em dia o ser humano
Ser tão carente de amor.

Isso tudo aconteceu
Há muitos séculos atrás
Quando meu Pai fez o mundo
Terra, mares, vegetais.
Me pediu pra lhe ajudar
No último dos animais.

Pai me disse: - ‘Filho, eu fiz
Da formiga ao pelicano;
Botei veneno na cobra,
Bico grande no tucano,
Agora estou terminando
Este animal ser humano.

Mas ficou meio sem graça
Este animal predador...
O couro não deu pra nada,
A carne não tem sabor,
Na cabeça tem juízo,
Mas, no peito, pouco amor.

Por isso que eu lhe chamei
Pra você lhe consertar,
Botar mais amor no peito,
Lhe ensinar a amar
E tirar dessa cabeça
O desejo de matar’.

Depois disse: - ‘Filho, vá
Amanhã lá no quintal,
No casa dos sentimentos,
Perto do pote do mal...
Traga a dose de amor
E bote nesse animal’.

De manhã eu fui buscar
Aquela dose sozinho,
Mas na volta me entreti
Brincando com um passarinho
Perdi a dose do amor
Numa curva do caminho.

Quando eu notei que perdi,
Voltei correndo pra trás,
Procurei em todo canto,
Mas cadê eu achar mais.
Aí eu fiz a loucura
Que toda criança faz.

Voltei, peguei outra dose
Igualzinha a do amor,
O vidro da mesma altura,
O rótulo da mesma cor...
Cheguei em casa e botei
No peito do predador.

Mas logo no outro dia
Meu pai sem querer deu fé
Do animal ser humano
Chutando o sapo com o pé
E no outro ele mangando
Dos olhos do caboré.

Vendo aquilo pai chorou,
Ficou triste, passou mal,
Me chamou e disse: - ‘Filho,
O bicho não tá normal.
O que foi que você fez
No peito desse animal?’

Quando eu contei a verdade
De tudo aquilo que eu fiz
Pai disse tremendo a voz:
- ‘Eu sei que você não quis,
Mas você botou foi ódio
No peito desse infeliz.

Esse bicho inteligente
Com esse ódio profundo,
Com pouco amor nesse peito
Não vai parar um segundo
Enquanto não destruir
A última célula do mundo.

Depois daquelas palavras,
Chorei como um santo chora.
Quando foi à meia-noite
Eu saí de porta afora
E nunca mais eu pisei
Na casa que meu pai mora.

Daquele dia pra cá
É esta a minha pisada,
Procurando aquela dose
Em todo canto da estrada,
Pois, sem ela, o ser humano
Pra meu pai não vale nada.

Sem ela, vocês humanos
Não sabem dar sem pedir,
Viver sem hipocrisia,
Ficar por trás sem trair
Nem distante do poder
Nem discursar sem mentir.

Sem ela, vocês trucidam
E batizam os crimes seus.
Na era medieval
Queimaram bruxas e ateus
E perseguiram os hereges
Usando o nome de Deus.

Sem ela, foram pra África
E fizeram a escravidão...
Com os grilhões do preconceito
Escravizaram o irmão
Com a espada na cintura
E uma bíblia na mão’.

O velho disse: - “Perdoe
Ter tomado o tempo seu.
Consertar vocês, humanos,
É um problema só meu.”
Aí o velho sumiu
Do jeito que apareceu.

E eu fiquei ali em pé
Coçando o queixo com a mão,
Pensando se era verdade
As frases do ancião
Ou se era tudo fruto
Da minha imaginação.

E naquele mesmo instante
Vi passando na estrada
A juriti que eu chumbei
Com uma asa quebrada,
Mas não tive mais coragem
De atirar na coitada.

Joguei fora a espingarda,
Voltei olhando pro chão
Procurando aquela dose
Nos troncos do algodão
Pra guardá-la com carinho
Dentro do meu coração.

Se acaso algum de vocês
Tiver a felicidade
De encontrar aquela dose,
Eu peço por caridade
Derrame todo o sabor
Daquela dose de amor
No peito da humanidade.
Brasil, Argentina e Uruguai em alerta por aftosa no Paraguai
BUENOS AIRES, Argentina — Brasil, Argentina e Uruguai reforçaram nesta segunda-feira sua vigilância sanitária após o surgimento de um foco de febre aftosa no vizinho Paraguai, o que provocou a imediata suspensão das exportações de carne bovina paraguaia.
As autoridades brasileiras reforçaram a prevenção e a vigilância contra a febre aftosa na fronteira com o Paraguai, com a adoção de controles agropecuários, barreiras e identificação de propriedades de maior risco, informou o ministério da Agricultura.
O Brasil, que pretende ter todo seu território certificado como livre de febre aftosa com vacinação até 2013, ofereceu assistência ao Paraguai "nas medidas de erradicação imediata" da febre aftosa.
Já a Argentina "declarou o estado de alerta sanitário" em razão do foco de aftosa registrado no departamento paraguaio de San Pedro, 400 km a nordeste de Assunção.
"Está suspensa, de forma preventiva, a entrada na Argentina, tanto para importação como para trânsito, de qualquer mercadoria procedente do Paraguai passível de transmitir a aftosa".
O Uruguai suspendeu o "trânsito e a entrada de animais obviamente suscetíveis de aftosa, além de produtos, subprodutos, mercadorias e rações que possam transmitir o vírus", revelou o departamento de Saúde Animal do Ministério da Pecuária, Agricultura e Pesca.
O Paraguai decidiu unilateralmente suspender suas exportações de carne bovina após detectar o foco de febre aftosa em gado do departamento de San Pedro, e decretou uma zona de emergência sanitária de 85 km de raio.
O último foco de aftosa detectado no Paraguai remonta a outubro de 2002, quando as exportações também foram suspensas.

domingo, 18 de setembro de 2011

II VIVARTE pra se ver, mostrar e gostar: Programa de rádio Forró e Vaquejada foi realizado Ao vivo no adro da Igreja Matriz

Começou sábado 17 o segundo VIVARTE. O movimento cultural que traz diversas manifestações culturais e artísticas de Umarizal para se apresentarem no adro da igreja Matriz, trouxe em sua primeira noite a apresentação do programa Forró e Vaquejada da Fm Fraternidade.

O locutor Jatão mostrou ao público tudo que acontece em seu programa no studio da 104.9. Quadros como o "Forró com Jatão", "Saga de Munguengue", "Literatura de Cordel" foram mostrados ao vivo na "raiz cultural: pra se ver, mostrar e gostar" tema da noite do VIVARTE.


No quadro "Forró com Jatão", a atração foram os "Moleques do Forró", trio de crianças de Olho D'Água do Borges que mostraram seu talento na sanfona, na zabumba e no triangulo tocando e cantando sucessos do tradicional Forró Pé de Serra. Ainda teve a participação de Augusto, Sanfoneiro Olho-d'aguense que toca no Forró da Galera. A "Literatura de Cordel" foi interpretada pelo artista Romário Adriano que ressitou o cordel da trajetória dos prefeitos de Umarizal, uma homenagem a Noite do Município da Festa do Sagrado Coração de Jesus. Para a Saga de Munguengue, artistas da Cia. Arte e Riso (homenageada no II VIVARTE, pelos 10 anos de história ) interpretaram um dos acontecimentos inusitados que ocorrem na cidadezinha do interior do Ceará todas as manhãs no "Forró e Vaquejada".


O VIVARTE segue na noite de hoje (18), logo após a novena e vai trazer o espetáculo de teatro " O Casaco de Urdemales" primeira apresentação da peça encenadas pelo grupo Arte e Riso e outras companhias teatrais da região,  que rodou o Brasil com o Movimento Escambo. 

Veja as Fotos em mais informações:

Alvorada abre a programação da Festa do Padroeiro 2011 junto com o "Café com Jatão"

 
















A Festa do Sagrado Coração de Jesus 2011 de Umarizal começou sábado (17) pela manhã. Logo cedo tivemos a alvorada, em seguida  uma grande carreata, onde paroquianos passaram pelos principais bairros da cidade visitando as capelas e convidando a comunidade para participar da festa desse ano. De volta a Igreja Matriz, foi realizado o café comunitário que esse ano foi agregado ao quadro "Café com Jatão" do Programa Forró e Vaquejada apresentado pelo locutor Jatão pela Fm Fraternidade.
.
Veja as Fotos Clique Em mais Informações:

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

ACORDAR CEDO PRA OUVIR O FORRÓ E VAQUEJADA



SOU  NORDESTINO ARRETADO
CABOCLO DA PELE GROSSA
VIVO CAMPEANDO GADO
E A CUIDAR DA MINHA ROÇA


                                  COM MEU CAVALO LIGEIRO
                                  ENTRO NO MATO FECHADO
                                  QUEBRANDO MARMELEIRO
                                  SOU VAQUEIRO ARROCHADO  


NA MANGA DO PATRÃO
TEM UM BOI MANGANGAR
VALENTE COMO UM LEÃO
COM ELE VOU ME TOPAR


                                   GOSTO DE VAQUEJADA
                                   FESTA DE APARTAÇÃO
                                   ALEGRIA DA NEGADA
                                   AQUI DO MEU SERTÃO



TOMO BANHO DE AÇUDE
BEBO CACHAÇA COM PRÉAR
COM UMA CABOCLA QUE GRUDE
SÓ PRA NÓS DOIS CHAMEGAR


                                   GOSTO DE OUVIR FORRÓ
                                   NO PROGRAMA DE JATÃO

                                   DANÇANDO E LEVANTANDO PÓ
                                   ACORDANDO MEU SERTÃO

                                   BEM  DEMADRUGADINHA
                                   COM OS GALOS E AS GALINHAS
                                   EITA LOCUTOR VÉI BÃO.
                                 

                                TEXTO: JATÃO VAQUEIRO